Qual é o melhor Mop?

Praticidade é a palavra que tem dominado a mente de pessoas pelo mundo inteiro. Afinal, quanto menos tempo nas tarefas diárias, mais tempo em outras atividades do seu interesse.

Em tempos de isolamento social, quando muitos têm passado mais tempo em casa, soluções para limpeza doméstica têm se tornado cada vez mais populares – e existem muitas alternativas para sua vida nesse sentido.

Uma dessas alternativas é o Mop, esse limpador que se propõe a substituir vassouras, rodos e pano de chão (e até baldes!) em um único item.

Com ele você pode fazer a limpeza da sua casa de forma prática, em apenas uma etapa, com muito menos esforço. Além disso, ele reduz consideravelmente o seu contato com a sujeira e os produtos químicos (alérgicos agradecem).

Todos esses fatores fizeram com que os mops se popularizaram bastante – e eles continuam atraindo muito interesse. Existem vários modelos disponíveis para a venda e não é muito difícil escolher um apropriado para você. Acredite!

Para te mostrar isso, vamos ver alguns mops e todos os critérios de compra para adquirir um.

Recomendações

Antes de conferir as dicas, conheça as nossas recomendações de mops

Escolha Premium

Um Mop giratório com baldes empilháveis, separação entre a água limpa e a suja e tampa para escoamento de água. Ele conta com uma centrífuga em aço inox que oferece boa resistência durante e seu cabo possui regulagem de altura para melhorar o conforto durante o uso.

Por fim, acompanha dois refis de microfibra de alta capacidade de absorção e lavável máquina.

Nossa recomendação

Uma opção de mop versátil, que acompanha três refis para diferentes tipos de limpeza: tira pó, microfibra e limpeza pesada. Com ele você pode substituir totalmente a vassoura, o rodo e o pano de chão.

A centrífuga é feita em material plástico, que é menos resistente, porém não enferruja. Seu cabo é em aço inox regulado e o balde tem espaço para até 12 litros. O melhor custo-benefício para você.

Melhor para o seu bolso

Para aqueles que moram em lugares pequenos, um Mop mais compacto é a melhor opção, tanto pela facilidade de guardar quanto por ser mais barato.

Esse modelo possui um balde com capacidade para até 8 litros, dividido em água limpa e de enxágue. Acompanha uma centrífuga de plástico e um refil de microfibra de alta absorção.

Itens que você também pode se interessar:

Temos aqui sugestões de mops que podem te interessar:

Melhor Mop

Índice

Mini Guia de Compra

Quem passa muito tempo em casa e precisa se responsabilizar pela limpeza com certeza já imaginou mil e uma formas de tornar o processo mais fácil (ou no mínimo menos trabalhoso).

Os mops vieram justamente com esse objetivo: limpar de forma mais rápida, mais eficaz e menos penosa. Com eles você consegue retirar a sujeira de forma muito mais prática.

Para escolher o seu mop é preciso levar em conta o material de fabricação, a capacidade do balde, o tecido utilizado e outras funcionalidades extras que podem atrair a sua atenção.

Além disso, existem diferentes tipos disponíveis no mercado além dos já famosos giratórios. Bastam alguns minutos de análise para decidir o melhor para você.

Mesmo assim, para te orientar na sua escolha nós vamos analisar alguns modelos bem populares. Quando terminar de ler as análises não deixe de checar o nosso guia. Ele tem todas as informações de que você necessita para escolher de acordo com as suas preferências.

Mop Giratório Flash Limp – Limpeza prática

Esse é um mop giratório muito prático e cheio de vantagens extras. Seu reservatório consiste em dois baldes empilháveis, fáceis de guardar, sendo um para água limpa e outro para enxágue, totalizando 9 litros.

Além de compartimento para saneante, o balde também possui uma tampa exclusiva para facilitar o escoamento da água (sem que você precise entrar em contato com a sujeira).

Ele também conta com uma centrífuga feita em aço inox, que garante resistência durante o uso. Seu cabo, também em aço, é bastante leve e possui regulagem de altura que pode variar entre 104 e 128 cm.

Por fim, o conjunto desse mop acompanha dois refis de microfibra de alto poder de absorção que podem ser lavados na máquina.

Importante lembrar que a centrífuga, por ser em material metálico, está sujeita a se enferrujar – mesmo sendo inoxidável. Ela de fato é mais resistente, mas pode ser menos durável. Além disso, os refis não são adequados para pisos rústicos nem para lustrar e encerar.

Mop Giratório 3 em 1 Flash Limp – Limpeza versátil

Essa é uma opção de Mop completa para quem deseja substituir totalmente o rodo, a vassoura e o pano de chão. Ele serve para diferentes tipos de pisos e seus refis são laváveis e substituíveis.

Por falar em refis, são três diferentes: tira pó, microfibra de ótima absorção e limpeza pesada – servem tanto para a limpeza diária quanto para faxinas mais difíceis.

O seu balde possui capacidade para 12 litros, sendo dividido em dois diferentes compartimentos: para água limpa e enxágue. No entanto, ele não possui tampa para escoamento da água.

A centrífuga é feita de plástico, que é menos resistente, porém não está sujeito a ferrugem – menos resistente, porém mais durável. O cabo é em aço inoxidável, resistente, e possui altura regulável.

Mop Giratório Fit Flash Limp – Simples e compacto

Nem todos desejam mops com baldes enormes, principalmente se você mora sozinho em um local pequeno. Se esse for o seu caso, é melhor optar por um modelo de mop pequeno e prático – que é justamente esse Fit da Flash Limp.

A capacidade total do seu balde é de 8 litros, também dividido em água limpa e enxágue, e pode ser facilmente guardado em pequenos espaços.

Ele acompanha um refil de microfibra de alta absorção que é lavável em máquina e pode ser substituído. Seu cabo em aço inox possui altura regulável, que pode variar de 104 a 128 cm, e é bem leve. Ele acompanha uma centrífuga de plástico, que não é tão resistente quanto o aço inox, mas também não está sujeita a ferrugem.

Não possui tampa para escoamento da água.

Mop Giratório WAP – Grande reservatório para limpeza pesada

Outra boa opção para limpeza é esse Mop duplo da WAP. Ele é indicado para pisos frios (sintético, porcelanato, cerâmica e vidro) e acompanha dois mops de microfibra que podem ser lavados na máquina.

Seu cabo em aço inox é ajustável e pode chegar a até 130 cm.  Ele acompanha uma centrífuga de plástico. Isso evita ferrugem, mas não é muito resistente) e seu balde, que comporta até 14 litros de água.

É dividido em dois compartimentos e possui uma tampa para que você possa drenar a água sem entrar em contato com a sujeira.

Mop Spray Bettanin – Compacto e prático

Até agora todos os modelos analisados foram de mops giratórios, muito conhecidos pela sua praticidade de uso. Porém, existem outros tipos e um deles é o mop spray.

À primeira vista ele tem o formato semelhante a uma vassoura comum, porém conta com um reservatório que lança jatos de água (e outros produtos de limpeza da sua preferência) ao longo do uso e uma base em microfibra, que tem um grande poder de absorção.

Esse esfregão possui a capacidade de limpar uma área de até 110 m², sendo indicado para limpeza de pisos madeirados, frios e sintéticos. O refil de microfibra que acompanha o conjunto é resistente e pode ser lavado em máquina.

Além disso, por não ter balde ele ocupa menos espaço do que os modelos giratórios. No entanto, a falta da função de centrifugação pode fazer falta – especialmente em limpezas mais pesadas ou em espaços muito grandes.

Guia do comprador

O que é um mop? Quais são os tipos de mop?

Os mops também são conhecidos como esfregões e podem ser considerados rodos melhorados, já que terminam em feixes de fios que limpam sem arranhar as superfícies.

Eles podem ser usados para limpar o chão, paredes, janelas e portas de vidro ou mesmo para lustrar e encerar, tudo sem muita dificuldade ou várias etapas de limpeza.

Existem diversos tipos de mop, como o mop com rolo (possui uma esponja para substituir o pano de chão), específico para pó, específico para a limpeza de vidros e até mesmo um para substituir as vassouras.

No entanto, os modelos mais modernos e populares são os giratórios (também conhecidos como 360°) e os de spray.

Os giratórios são realmente muito práticos e te permitem realizar uma limpeza bem rápida, já que você pode lavar a base de microfibra apenas acionando um pedal.

Já o modelo spray conta com um compartimento para água e produtos de limpeza que são liberados com ativação manual.

Em ambos os casos as bases são facilmente substituídas, sendo que pode alternar de acordo com o tipo de limpeza que deseja realizar.

Como utilizar o mop giratório? Quais cuidados devo ter com ele?

Se você estiver utilizando um mop giratório já deve ter percebido que o seu balde é dividido em dois, sendo um livre e o outro com centrífuga.

Você deve colocar a água e os desinfetantes desejados no compartimento livre e mergulhar a microfibra lá até que esteja encharcada. Após isso basta retirar o excesso de água com o auxílio da centrífuga e o mop está pronto para uso.

Você também pode utilizar o seu mop seco caso a sua intenção seja apenas retirar o excesso de poeira de um ambiente. No entanto, não esqueça de lavar a microfibra após o uso, pois limpeza é um dos fatores mais importantes na conservação do mop.

Não se esqueça que a base é em tecido e ele está sujeito a contaminação e mofo. Para realizar essa limpeza basta utilizar água e sabão neutro. Alguns fabricantes fazem refis que podem ser lavados na máquina!

Mais prático impossível!

Como escolher um mop

Vamos levar em conta os critérios para o mop 360°, que são os mais populares:

Conclusão

Um mop pode facilitar muito a sua vida no momento da limpeza. Esses esfregões podem ser utilizados tanto à seco quanto com produtos de limpeza específicos e deixam tudo limpo em apenas uma ou duas etapas.

Você tem modelos giratórios, que são os mais difundidos, mas também pode optar por outros mais tradicionais. Em todo caso, basta alguns poucos critérios para escolher o mais adequado.

De todos os modelos de mop que analisamos, o Giratório 3 em 1 Fit da Flash Limp foi considerado a melhor escolha. Isso porque ele acompanha três diferentes tipos de refis: um de microfibra, um para tirar pó e outro para limpeza pesada.

Isso faz com que ele seja mais versátil, podendo ser usado no dia a dia ou nas faxinas mais pesadas. Você já escolheu o seu mop? O que achou dele? Compartilha com a gente nos comentários!

F.A.Q.

Depende da quantidade e do tipo de sujeira. Se tiver folhas, galhos ou muita poeira/terra é indicado varrer antes. Caso contrário, você pode usar o mop seco e aplicar a água e os desinfetantes depois (na limpeza diária pode utilizar apenas o esfregão úmido, como você faria com um pano de chão).

Os esfregões elétricos possuem baterias para rotacionar o tecido e, assim, limpar mais rápido e de forma mais eficiente. Eles são mais caros, precisam de uma bateria carregada para funcionarem e não vem com centrífuga. Para a maioria das pessoas, os mops comuns são mais do que o suficiente.

Normalmente um refil bem cuidado dura cerca de 300 usos. Porém, nós sabemos que isso pode variar de acordo com o local. Também sabemos que ninguém conta quantas vezes usou o esfregão para limpar a casa. Então, sempre que você perceber que o tecido está muito desgastado, encardido ou que está mais difícil de realizar a limpeza, faça a substituição.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados