Adega: Qual é a melhor geladeira de vinho?

Nossa recomendação

Melhor para o seu bolso

Nos últimos anos os brasileiros têm buscado por mudanças no estilo de vida, sendo que a globalização é uma das responsáveis por isso. Contato com outras culturas, acesso a produtos diferentes e uma mentalidade menos rígida (e mais curiosa) fizeram com que alguns elementos – antes restritos e elitizados – começassem a se popularizar. Um bom exemplo disso é o consumo de vinhos.

A princípio, a apreciação de vinhos era quase exclusiva de pequenos grupos de poder aquisitivo alto, enquanto o resto das pessoas comprava bebidas mais populares e baratas. Porém, com o esforço de enólogos e entusiastas, houve uma quebra de paradigmas e a derrubada de muitas ideias equivocadas que impediam a popularização do consumo de vinho.

Hoje, além de se preocuparem com a compra das melhores taças de vinho, com o aumento do número de pessoas que bebem (ou até colecionam) essa bebida, acabou surgindo outro problema: armazenamento. Os mais exigentes e dedicados descobriram rapidamente que as tradicionais geladeiras não são adequadas para essa tarefa, sendo necessária a compra de uma geladeira de vinhos. Mas como escolher algo que até ontem ninguém sabia que precisava?

Para responder a essa pergunta, nós vamos analisar agora alguns modelos de adega.

Recomendações

Antes de conferir as dicas, conheça as nossas recomendações de adegas

Escolha Premium

Adega com design moderno e tampo de vidro temperado, possui suporte para 24 garrafas (também suporta taças). Seu painel de controle é externo, não sendo necessário abrir a adega para alterar os seus controles. Além disso, ela possui um LED que indica a temperatura ideal para cada tipo de vinho e tem o seu acabamento em aço inox.

Nossa recomendação

Essa é uma adega compacta, com espaço para até 12 garrafas. Seu controle de temperatura também é externo e te permite alterar os controles sem abrir a adega de forma desnecessária. Ela conta com vidro duplo em sua porta e possui LED interno azul. Sua refrigeração é feita por um sistema de baixo nível de ruído e baixo consumo de energia.

Melhor para o seu bolso

Uma excelente opção de adega pequena, com capacidade para 8 garrafas. Seu painel digital externo Touch Control fornece fácil acesso e alta precisão no controle da temperatura. Além disso, conta com sistema eletrônico de resfriamento silencioso. Seu design compacto e discreto a torna ideal para armazenar o vinho em espaços pequenos.

Itens que você também pode se interessar:

Temos aqui sugestões de adegas que podem te interessar:

Melhor geladeira de vinho

Índice

Mini Guia de Compra

Quem já adentrou o mundo dos apreciadores de vinhos com certeza já desejou um bom abridor de vinho e uma boa adega (ou mais de uma). Adegas são perfeitas para armazenar o seu vinho nas condições ideais, já que geladeiras comuns não são apropriadas para a bebida. Isso porque elas são abertas o tempo todo, não são capazes de fornecer a temperatura correta e o seu sistema de refrigeração é inadequado.

Para escolher a sua adega é necessário calcular o seu consumo regular de vinho e saber por quanto tempo você pretende armazenar cada rótulo. Além disso, é necessário que a adega apresente alguns recursos para manter as condições adequadas, como boa vedação, refrigeração silenciosa e iluminação interna que não altere as características originais da bebida.

Quando você analisa com calma, percebe que não é tão difícil fazer a sua escolha. Vamos observar as características de alguns modelos de adega para você começar a se embasar. Depois, não se esqueça de ler atentamente o nosso guia com as informações de que você precisa para fazer a melhor escolha.

Adega Electrolux ACS24 – Cuidados ideais para o seu vinho

O número de apreciadores de um bom vinho tem crescido cada vez mais. Alguns, apesar de não se interessarem por coleções e não beberem com tanta frequência, gostam de ter uma boa quantidade de rótulos disponível. Se esse é o seu caso, então a adega da Electrolux vai te anteder muito bem. Sua capacidade é para 24 garrafas – duas para cada mês do ano – e ela conta com diversas outras funções para manter o seu vinho armazenado da melhor forma possível.

Um dos recursos mais interessantes dessa adega é o seu LED indicador. Ele mostra os tipos de vinhos que se adequam bem a cada temperatura selecionada, o que te permite ajustar a climatização de acordo com a bebida. Além disso, o painel de controle dessa adega é externo. Ou seja, você pode modificar a temperatura sem abrir a porta – o que é perfeito para evitar quedas bruscas (e desnecessárias) de temperatura.

Além disso, ela também conta com iluminação interna para facilitar a escolha dos rótulos. Essa iluminação é feita com pequenos LEDs ajustados especialmente para não causar nenhum tipo de dano à bebida. Por fim, o acabamento em aço inoxidável apresenta um ar moderno e sofisticado que combina com qualquer ambiente.

Importante lembrar que o objetivo dessa adega não é armazenar vinhos por longos períodos – sua capacidade e recursos não são suficientes para isso. Além disso, seu preço é um pouco salgado (principalmente para os novos entusiastas).

Adega Philco PH12E – Compacta e silenciosa

Uma ótima opção de adega pequena, mas cheia de funcionalidades. Essa geladeira para vinhos comporta até 12 garrafas, quantidade suficiente para servir algumas visitas ou ter um rótulo sempre disponível. Além disso, suas prateleiras são deslizantes e reguláveis, podendo ser ajustadas de acordo com as suas preferências para armazenamento das garrafas.

Ela também tem um painel de controle externo que te permite alterar as configurações de refrigeração sem ter de abrir a adega. Além disso, ela também conta com uma iluminação interna em LED azul que não altera as características da bebida. Todos esses recursos são interessantes, mas o principal diferencial dessa adega é o seu sistema de refrigeração.

Uma boa geladeira de vinho precisa ter um sistema termoelétrico que não tenha muita vibração. Primeiro porque ninguém gosta de barulho e segundo porque o excesso de vibração pode causar alterações muito indesejadas no vinho. Essa adega da Philco possui esse sistema e ainda tem outra vantagem: baixo consumo de energia elétrica.

Aqui a quantidade também pode ser um problema, já que em encontros com mais pessoas 12 garrafas podem não ser o suficiente. Também é importante frisar que, com um design tão compacto, pode ser que algumas garrafas maiores (ou mais bojudas) não caibam nessa adega.

Adega Oster – O mínimo necessário

Se você deseja apenas uma mini adega climatizada para manter o seu vinho bem armazenado, essa é uma opção que vale a pena conferir. Esse modelo é realmente pequeno – comporta no máximo 8 garrafas – e tem o seu painel de controle externo à adega. Além disso, sua porta leva vidro duplo temperado, que fornece uma ótima vedação. Tudo isso para garantir o controle da temperatura dos seus vinhos.

Assim como o modelo anterior, esse também possui um sistema de resfriamento silencioso, que não provoca muita vibração nas garrafas. Por fim, tenha em mente que essa é uma adega especialmente feita para consumo próprio de vinhos de mesa. Se a sua intenção é servir outras pessoas ela pode te deixar na mão (a depender da quantidade necessária). Armazenar bebidas por longos períodos está fora de cogitação.

Adega Philco PAD8 – Mais uma opção básica

Essa é mais uma opção para aqueles que desejam armazenar algumas poucas garrafas para consumo próprio (e rápido). Semelhante ao modelo apresentado anteriormente, essa é uma mini adega climatizada com capacidade para até 8 garrafas. Ela também conta com porta de vidro duplo temperado para vedação e painel de controle externo. Além disso, ela também conta com refrigeração silenciosa e com baixo consumo de energia. Além disso, conta com sistema de travamento e possui pés niveladores ajustáveis.

Adega Brastemp Dual Zone – Para pequenas coleções

Todas os modelos de adegas apresentados até agora eram voltados principalmente para o consumo próprio e mais imediato, com exceção, talvez, da nossa alternativa premium. Agora vamos analisar essa adega da Brastemp, que possui a capacidade para até 33 garrafas – o suficiente para manter alguns rótulos armazenados por períodos mais longos e ainda ter outros disponíveis para consumo imediato.

Um dos maiores destaques dessa adega é a sua tecnologia Dual Zone, que consiste em dividir os vinhos em dois compartimentos distintos e independentes. Cada um desses compartimentos possui um controle de temperatura próprio, o que significa que você pode armazenar tipos de vinhos distintos (com diferentes exigências relativas à temperatura). Ideal para quem pretende guardar algumas garrafas especiais.

Além disso, ela conta com uma porta em vidro triplo baixo-emissivo, que mantém uma excelente vedação, e ainda possui filtro UV para garantir a preservação da bebida. Ainda a respeito da construção, essa adega tem suas prateleiras com acabamento em madeira e puxadores metálicos que fazem dela um verdadeiro item de decoração.

Apesar de estar cheio de vantagens, esse aparelho da Brastemp tem um defeito importante: o seu painel de controle é interno. Toda a vez que você quiser fazer algum ajuste na temperatura do seu vinho vai ter de abrir a porta. É estranho que uma adega de preço mais elevado e com tantos recursos acabe apresentando uma falha como essa no projeto.

Guia do comprador

Por que compra uma adega?

Muitas pessoas se perguntam por que não simplesmente guardar o vinho dentro da geladeira. A resposta para isso é muito simples: condições adequadas de armazenamento. Os vinhos precisam ser mantidos sob condições constantes de temperatura e umidade; longe da luz e de cheiros fortes; e sem serem expostos a vibração. Só com essa descrição dá para perceber que uma geladeira não é ideal para a tarefa.

Os refrigeradores comuns não conseguem ter constância na temperatura e na umidade, já que são abertos o tempo todo ao longo do dia. Além disso, eles estão repletos de alimentos cujo odor pode alterar a bebida; a luz interna também pode causar mudanças indesejadas. Por fim, a vibração intensa do motor da geladeira pode interferir em algumas propriedades da bebida.

Portanto, se você gosta muito de vinhos e pretende investir mais nisso nos próximos tempos, priorize a aquisição de uma adega.

Qual a diferença entre a mini adega climatizada e tradicional?

A diferença é basicamente a tecnologia. Entenda: o objetivo de uma adega é armazenar vinhos de forma adequada. Esse armazenamento pode ter o objetivo de, simplesmente, manter as características originais da bebida até o momento do consumo ou garantir o envelhecimento adequado dela. Lembre-se de que alguns vinhos devem ser guardados por muito tempo antes de degustados (por isso falamos sobre armazenagem por grandes períodos durante as análises).

Então, tudo aquilo que oferecer essas boas condições à bebida é considerado uma adega. Isso vale tanto para aquelas tradicionais de porão que vemos em filmes e documentários, quanto para essas geladeiras de vinho especiais que mostramos aqui. Basicamente as novas adegas contam com o auxílio da tecnologia (principalmente da refrigeração) para criar, de forma artificial, as condições corretas.

Como escolher uma boa adega

Atualmente já há muitos modelos de adega disponíveis no mercado e você pode analisá-los de acordo com os seguintes critérios:

Conclusão

Se você está entrando no mundo dos amantes de vinhos, então é melhor comprar uma adega antes das garrafas. Uma boa adega vai manter a qualidade do seu vinho até o momento do consumo e garantir o envelhecimento adequado de alguns rótulos especiais. Você vai encontrar diferentes modelos de adega em variadas faixas de preço, mas basta observar alguns critérios para fazer a sua escolha.

Dentre as adegas analisadas a melhor escolha é a Adega Philco PH12E, pois possui capacidade suficiente para consumo pessoal. Além disso, seu painel de controle é externo e o vidro duplo tem proteção contra raios UV e oferece uma boa vedação. Seu sistema de refrigeração é silencioso e econômico e não provoca muita vibração.

Você já escolheu a sua adega? Qual o seu modelo preferido? Compartilha com a gente!

F.A.Q.

Podem sim. Existem alguns modelos de adega que podem ser travados com senha e possuem alarme contra tentativas de arrombamento. Se você pretende colecionar rótulos valiosos vale muito a pena gastar a mais para ter essa segurança.

As adegas possuem um custo mais elevado do que os refrigeradores comuns e podem consumir mais energia. No entanto, é a única maneira de fazer um armazenamento correto dos seus vinhos. Se você deixar as garrafas guardadas de forma inadequada é possível que o prejuízo seja muito maior do que a economia inicial.

Proteção contra a luz solar (os vinhos não podem ficar expostos à luz de jeito nenhum!), ventilação, ausência de cheiros, ausência de vibrações ou ruídos. Já o padrão de temperatura varia de acordo com o tipo de vinho – mas tenha em mente que ela deve ser mantida constante.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados