Galaxy S21, S21+ e S21 Ultra: tudo o que você precisa saber

Nossa recomendação

Melhor para o seu bolso

S21

A Samsung lançou o anúncio de sua nova família: Galaxy S21, S21+ e S21 Ultra. Os novos aparelhos chegam nos mercados norte-americanos, chinês e sul-coreano equipados com o Snapdragon 888, enquanto a Europa e o Brasil recebem o chip Exynos 2100.

Os novos smartphones são comercializados sem carregador nem fones de ouvido – a empresa tem o objetivo de reduzir a emissão de carbono e a produção de lixo eletrônico.

Outra grande mudança na linha é a compatibilidade com a caneta S Pen, até então restrita à família Note e alguns tablets.

Recomendações

Antes de você escolher o melhor modelo, conheça nossas 3 recomendações:

Nossa recomendação

Melhor para o seu bolso

S21

Itens que você também pode se interessar:

Galaxy S21, S21+ e S21 Ultra

S21

Índice

Mini Guia de Compra

Todos os modelos da Samsung Galaxy S21 tiveram o visual renovado. O que chama mais a atenção é a mudança das bordas curvas para uma tela plana – o Ultra retém as curvas nas bordas. A caixa da câmera se integrou à moldura.

Os três novos celulares contam com cofre Knox – guarda informações sensíveis do usuário com segurança. Seu sensor biométrico está mais rápido e seu leitor de impressões digitais sob a tela é quase duas vezes maior que a geração anterior.

A Samsung acabou com o slot micro SD na nova linha, ou seja, nenhum dos modelos permite expandir o armazenamento, sendo assim, terá que refletir bem antes de escolher o modelo para não passar sufoco futuramente com falta de espaço.

Galaxy S21 Ultra – elegante e caro

O mais avançado de linha, o Galaxy S21 Ultra é o primeiro a ter suporte à S Pen, a famosa caneta da família Note (não acompanha o celular, mas a empresa lançou algumas capas que trazem espaço para guardá-la). Dos três smartphones lançados, ele é o único a vir com design curvado – deixando o modelo mais caro e com um aspecto de exclusividade –, tela com alta resolução e câmera com zoom de longo alcance.

Sua traseira de vidro tem o acabamento fosco – o mais barato da linha tem acabamento em plástico. O bloco de câmera é maior no Ultra por conta da quantidade de sensores disponíveis.

Com qualidade de construção excelente, seu vidro é bem mais resistente a impactos – pois conta com a nova geração do Gorilla Glass. A certificação IP68 é a mesma das últimas gerações. Seu leitor biométrico continua integrado à tela, respondendo mais rápido por conta do novo sensor ultrassônico.

Tela e som

Além de um design mais elegante, a tela do S21 Ultra é a mais avançada na nova linha. Apesar de todos trazerem painel Dynamic AMOLED 2X de 120 Hz, o Ultra trabalha com resolução Quad HD+, enquanto os outros dois modelos ficam para trás com o Full HD+. Seu brilho também é superior.

O S21 Ultra lança uma nova geração de tela da marca, sendo capaz de reduzir a velocidade para 10 Hz – ajudando a economizar bateria em tarefas mais simples.

A reprodução de cores melhorou, tendo a calibração próxima da excelência. A empresa também implementou um novo filtro de luz azul, regulando a tonalidade da tela de acordo com a hora do dia.

A parte sonora também melhorou – a potência sonora garante bom som de filmes e jogos mesmo em locais mais barulhentos.

Desempenho

Após polêmicas com o Exynos 990, a Samsung aprimorou o Exynos 2100, mas sem grande melhora, a velocidade veio similar ao seu antecessor no uso de vários aplicativos e jogos.

Uma das grandes melhorias diz respeito ao novo hardware, porém o software não consegue extrair tudo o que ele tem a oferecer.

Alguns games tiram proveito da tela de 120 Hz. Há também os que possuem suporte a 120 fps, mas que, por algum motivo, ficam limitados a uma taxa de fps inferior.

Câmeras

O sensor principal da câmera segue com a mesma resolução de antes, porém a Samsung promete imagens mais nítidas com um novo sensor. O smartphone vem com duas câmeras com lente teleobjetiva (uma com zoom óptico de 3x e outra de 10x). Às duas combinadas entregam zoom máximo de 100x. Há também uma câmera com lente ultra-wide – ganhou foco automático, podendo ser usada para macros.

O novo sensor realmente captura mais detalhes, registrando cores mais próximas da realidade e acertando no HDR em quase todas as imagens, porém, em cenários mais escuros ela deixa a desejar.

A câmera ultra-wide não evoluiu, fazendo o mesmo trabalho de antes, mas abaixo da qualidade da principal. O destaque fica para o foco automático, permitindo chegar a 2 cm de distância de um objeto e conseguindo macros melhores.

O S21 Ultra conta com duas câmeras teleobjetivas, o que tornou as fotos com zoom melhores, porém ainda não impressionam. Ao passar o zoom de 10x, os detalhes começam a se perder, deixando a imagem grosseira.

A câmera frontal mantém a resolução da linha anterior, evoluindo especialmente em cenários escuros.

O S21 filma a 24 fps – assim como o anterior. É possível gravar com a câmera traseira e frontal em simultâneo, com o Modo Diretor, mas ficando limitado à resolução Full HD. O celular captura vídeos em ótima qualidade, tendo estabilização eficiente e foco ágil. A frontal registra melhores vídeos (e com menos ruído) que a do modelo anterior.

Bateria

A bateria continua sendo de 5.000 mAh, mas com o novo hardware e a nova tela de AMOLED com consumo otimizado, a autonomia foi aprimorada, rendendo em média 30% a mais. Ele demora 1 hora e 16 minutos para ir de 0 a 100%.

Hardware

O smartphone sai da caixa com Android 11 e One UI 3.1. Quem curte fotos, passa a ter a possibilidade de apagar a informação de localização incluída nos metadados dos arquivos de imagem, além de remover pessoas ou objetos indesejados das fotos.

Intermediário no preço e nas especificações, o S21+ está disponível em preto, branco, cinza, rosa e vermelho. A tela é em AMOLED de 6,7 polegadas, sendo completamente plana. A parte de trás é revestida em vidro, dando uma sensação de luxo.

Tela e som

A empresa diminuiu a resolução do S21+ para Full HD +, mas a diferença não será perceptível para a maioria das pessoas. Se você estiver jogando, a taxa de atualização atinge o máximo em 120 Hz para gráficos e jogabilidade super suaves. Outra atualização é o leitor de impressão digital no display, que é 70% maior do que a geração anterior.

Câmeras

A configuração do S21+ é a mesma do S2+: uma câmera principal com 12 MP, uma câmera ultra-wide de 12 MP e um snapper telefoto de 64 MP com zoom híbrido 3x. Seu zoom telefoto chega a 30x, mas além de 10x começa a ficar com má resolução.

A câmera frontal de 10MP tira boas selfies, além de ter boa qualidade de vídeo.

O modo visão do diretor permite tirar fotos com as câmeras frontal e traseira em simultâneo.

Você pode gravar em resolução de 8K a 24 quadros por segundo para vídeo com um nível bem alto de detalhes, ou a 30 ou 60fps e Full HD a 30, 60 ou câmera lenta a 240fps.

Bateria

O S21+ tem uma bateria de 4.800 mAh. Com uso moderado, mas com o telefone constantemente ligado, ele funciona por pouco mais de 48 horas.

O suporte para os carregadores de 45 W que funcionavam com a série S20 foi abandonado – a empresa diz que melhorou as capacidades de carregamento de 25 W de seus novos telefones.

Hardware

Os telefones Galaxy S21 estão entre os primeiros a serem lançados com o novo Qualcomm Snapdragon 888 (no mercado americano) e são os primeiros a ostentar o Exynos 2100.

O S21+ vem com 8 GB de RAM e executa o Android 11 com a interface One UI 3.0 da Samsung.

Menor dos três (6,2 polegadas), o S21 é também o mais barato do último lançamento da Samsung. Sua traseira é em ‘Glasstic’ (nome da própria empresa para o material), ficando entre plástico e vidro. Suas bordas de metal dão um toque de luxo ao modelo.

Você pode escolher o celular na cor cinza, branco, rosa ou violeta.

Tela e som

Como no S21+, o S21 também teve a mudança da tela Quad HD para Full HD+. Isso permitiu à Samsung reduzir o preço da série de celulares.

A tela apresenta uma taxa de atualização máxima de 120 Hz, sendo ativada por padrão e funcionando em uma capacidade adaptativa.

O leitor de impressão digital está 70% maior, sendo mais fácil de acertar, além de mais rápido.

Câmeras

O hardware da câmera não mudou em relação ao do ano passado, ou seja, continua sendo a mesma câmera principal de 12 MP, ultra-wide de 12 MP e telefoto de 64 MP com zoom óptico híbrido 3x.

O modo de captura única (permite capturar uma variedade de fotos e vídeos usando todas às três câmeras com um único toque no botão do obturador) melhorou graças à adição de uma nova opção de câmera lenta contínua.

A câmera telefoto oferece zoom óptico de 3x e zoom digital de até 30x – fotos tiradas acima de 10x ficam com má qualidade. A câmera frontal de 10MP faz ótimas fotos e vídeos.

O modo visão do diretor permite fotografar com as câmeras frontal e traseira em simultâneo.

Para filmar você tem a opção de 8K a 24 quadros por segundo, mas mais útil há 4K a 30 e 60 quadros por segundo, bem como Full HD a 30, 60 e 240 fps.

Bateria

Com 4.000 mAh, a duração da bateria é relativamente boa. Como os outros, ele também não acompanha carregador. 

Hardware

Como os dois modelos anteriores, o S21 faz parte dos primeiros dispositivos a usarem chipsets da Snapdragon 888 (Estados Unidos) da Qualcomm ou Exynos 2100 da própria Samsung (em todos os outros lugares).

No geral, a variante Exynos 2100 do aparelho está um passo acima do que visto na Samsung anteriormente.

No S21, os dois chips são combinados com 8 GB de RAM. Junto com os 8 GB de RAM, você pode escolher entre 128 GB ou 256 GB de armazenamento.

O celular roda Android 11 com a capa One UI 3.0 da Samsung. A empresa também adotou totalmente o 5G.

Guia do Comprador

Como comparar os smartphones de maneira rápida antes de comprar?

Está pensando em comprar um dos celulares da linha S21, mas está em dúvida? Então alguns detalhes podem fazem toda a diferença, como:

Conclusão

O S21+ foi o nosso celular vencedor! Com um tamanho excelente (6,7 polegadas), ele tem um belo design, um conjunto de câmeras excelente e uma bateria suficiente para passar o dia todo fora da tomada. Agora que você pode conhecer de pertinho os três modelos, qual te chamou mais a atenção? Deixe nos comentários!

FAQ

Começando pelas telas, o S21 tem 6,2 polegadas, enquanto o S21+ tem 6,7 polegadas, a bateria do S21 é de 4.000 mAh, enquanto a do S21+ é de 4.800 mAh, e por fim, o S21 pesa 171 g, enquanto o S21+ pesa 202 g.

A Samsung diz que a medida torna os acessórios mais sustentáveis, evitando o desperdício de recursos do meio ambiente. Para a empresa muitos consumidores já possuem seus produtos.

Sim! O S21 e S21+ vem com 8 GB de RAM, sendo suficiente para rodar a maioria dos jogos. O Exynos 2100 é um processador bem rápido, por isso o usuário poderá rodar jogos mais pesados sem problemas de desempenho. O S21 Ultra pode vir com 12 GB ou 16 GB, ou seja, sem problema algum.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados