Redmi Note 8: vale a pena comprar? Quais as vantagens e desvantagens dos Redmi Note da Xiaomi?

Sabemos que o preço dos eletrônicos está cada vez mais alto e com a alta do dólar, pode ser que essa tendência se mantenha por algum tempo.

Diante disso, é natural que os consumidores pesquisem muito antes de realizar suas compras. Afinal, os aparelhos que antes eram considerados bons continuam valendo?

A Xiaomi sempre chamou muito a atenção por seus intermediários de ótimo custo-benefício e a linha Redmi Note é uma das preferidas dos brasileiros.

O Note 8 foi muito bem recebido no mercado nacional, mas há quem se pergunte se ele ainda pode ser considerado uma boa opção. Para responder a esses questionamentos, nós elaboramos esse artigo com uma análise detalhada do Xiaomi Redmi Note 8.

Recomendações

Escolha Premium

Smartphone direcionado para usuários que desejam um bom desempenho por preço razoável. Seus maiores destaques são a câmera quádrupla e a bateria. Uma das principais desvantagens é a instabilidade do 4G

Índice

Mini Guia de Compra

A Xiaomi sempre causa um estardalhaço no mercado quando lança aparelhos novos. Particularmente no setor intermediário o custo-benefício associado a configurações bem equilibradas atraíram muitos fãs para a empresa.

Como era de se esperar, o Redmi Note 8 ganhou bastante notoriedade ao ser lançado. Esse aparelho foi um grande sucesso entre crítica e público devido às suas boas câmeras, bateria robusta e bom processamento.

No entanto, alguns se perguntam se ainda vale a pena adquirir esse modelo, sendo que há vários bons concorrentes disponíveis. Para responder a esse questionamento fizemos uma análise do Redmi Note 8 com as suas principais características.

Ao final o nosso Guia do Comprador esclarece algumas desvantagens do aparelho e traz pequenas comparações com concorrentes. Não deixe de conferir!

Redmi Note 8 – Foco nas fotografias

Com lançamento no segundo semestre de 2019 o Redmi Note 8 agitou o mercado com suas boas configurações e custo-benefício. Ainda hoje ele atrai muitos consumidores – e não é para menos!

O smartphone com design que combina construção em plástico com acabamento em vidro (protegido por Gorilla Glass®) continua competitivo.

Seu processador Snapdragon® 665, embora intermediário, oferece desempenho próximo a linhas mais avançadas.

Com ele é possível rodar jogos e a maioria dos aplicativos sem travar, além de economizar bateria. Por falar em bateria, ela conta com 4000 mAh, o bastante para um dia inteiro, e é compatível com carregamento rápido.

Nos aspectos multimídia o Redmi Note 8 é apenas aceitável. Sua tela de 6,3 polegadas é uma Full HD simples – boa resolução, mas nada de especial.

O aparelho conta com entrada para fones de ouvido e seu alto-falante não oferece som estéreo (não passa a sensação de direção e profundidade).

Quanto às câmeras, temos aqui um sistema com quatro lentes.

Uma de 48 MP que te permite tirar fotos com zoom sem perder a qualidade, uma grande angular que oferece campo de visão mais amplo.

Depois, uma macro para tirar fotos a distâncias muito curtas e uma lente apenas para dar profundidade às imagens.

Com o Redmi Note 8 você pode gravar vídeos em 4K. Além de tirar fotos com qualidade razoável à noite graças ao seu modo noturno. Porém, sua câmera frontal de 13 MP não é tão boa quanto a de alguns concorrentes.

Esse aparelho também conta com infravermelho (funciona como controle remoto), entrada USB-C e acompanha capa protetora – lembrando que nenhum Xiaomi vem com fones de ouvido.

Apesar de ter suporte para carregamento rápido ele traz um carregador básico, de apenas 10 W, incompatível com a tecnologia.

Importante lembrar que o Redmi Note 8 não é compatível com a banda 28, uma das frequências de transmissão de 4G aqui no Brasil. Isso significa que em alguns locais a rede pode ficar instável e entrar no modo 3G.

Guia do comprador

O Redmi Note 8 ainda vale a pena em 2021?

Em configurações o Redmi Note 8 continua valendo a pena. O aparelho foi lançado no final de 2019, mas ainda oferece desempenho atraente para o consumidor. O que pode influenciar de forma negativa na sua compra é a instabilidade do câmbio.

Inflação, alta do dólar e outras questões desagradáveis podem elevar demais o preço do smartphone em relação aos concorrentes. Por isso, além de fazer muitas pesquisas, é preciso verificar se esse celular atende ao que você prioriza e se ele cabe no seu orçamento.

Clique aqui para saber mais sobre a alta no preço dos smartphones.

O que é a banda 28 do 4G?

Grosso modo, várias frequências são utilizadas para transmitir a internet 4G, sendo que elas complementam uma à outra. São essas: 3, 7 e 28. A banda 28 alcança longas distâncias e é utilizada para levar a internet para locais afastados dos grandes centros. É muito importante para a qualidade da internet nacional.

O Redmi Note 8 não é compatível com essa banda, por isso, pode apresentar instabilidade 4G em alguns locais.

Qual é melhor: Redmi Note 8 ou Redmi Note 8 Pro?

Ambos os aparelhos pertencem a mesma linha, porém o Pro conta com algumas configurações mais avançadas, como melhores câmeras, maior tela e bateria mais robusta. Podemos dizer que o modelo Pro é uma versão turbinada do Note 8 padrão para usuários um pouco mais exigentes.

Qual é o melhor: Redmi Note 8 ou Samsung Galaxy A50?

O A50 é um dos principais modelos intermediários da Samsung e concorre com contra diversos aparelhos da Xiaomi.

Com o Redmi Note 8 essa disputa ficou mais acirrada, já que as diferenças entre os dois aparelhos não são tão marcantes – e muitas vezes a melhor escolha depende das preferências pessoais do comprador.

Quanto ao desempenho, o Note 8 utiliza um processador Snapdragon® 665 que oferece uma boa economia de bateria e entrega uma fluidez satisfatória.

Já a Samsung usa um chipset de fabricação própria chamado Exynos 7 9610, que é mais potente do que o concorrente, embora essa diferença só seja vista em tarefas exigentes.

Ambos contam com tela de resolução Full HD. O aparelho da Samsung, porém, tem como diferencial o Amoled, que é famoso por suas cores mais vivas. No entanto, essas questões de cores e contrastes dependem muito dos gostos de cada pessoa: nem todos apreciam o Amoled. Tudo depende de quem vai usar.

Também podemos comparar esses smartphones por suas câmeras. O Redmi Note 8 conta com uma câmera macro, que te permite focar a distâncias muito curtas. Além disso, seu foco é rápido e ele consegue gravar em 4K. Já o A50 tem as cores das fotos mais equilibradas e uma câmera frontal com imagens mais nítidas.

As outras características dos telefones (como bateria e memória) são muito semelhantes e divergem apenas por detalhes.

O A50 acompanha fones de ouvido e antena para TV digital, enquanto o Note 8 conta com infravermelho e capinha. Enfim, itens que variam de pessoa para pessoa – escolha o que combina com você!

Qual é o melhor: Redmi Note 8 e Motorola Moto G8 Plus?

Se as diferenças entre o Redmi Note 8 e o Samsung A50 são pequenas, quando comparamos com o Moto G8 Plus elas são mínimas.

São dois aparelhos muito semelhantes com alguns aspectos que chegam a ser idênticos – mais um caso que depende muito das preferências pessoais.

Ambos contam com telas Full HD (Note 8 tem com proteção Gorilla Glass® 5), baterias de 4000 mAh, compatibilidade com carregamento rápido (Note 8 não acompanha o carregador apropriado para isso, mas o G8 Plus sim) e processador Snapdragon® 665.

Vale frisar que o G8 também acompanha capinha de proteção e fones de ouvido. A maior diferença entre esses dois aparelhos é entre suas câmeras.

O G8 Plus possui três câmeras: uma para fotos com alta definição, uma grande angular apenas para vídeos e uma para profundidade. Infelizmente, o fato de haver lentes exclusivas para fotos ou vídeos reduz as possibilidades de imagens que podem ser criadas.

Embora o Redmi Note 8 seja melhor nas câmeras traseiras, o G8 Plus ganha na frontal, que conta com melhor definição de imagem. Mais uma vez, a melhor escolha depende das prioridades do comprador.

Conclusão

Com o mercado de smartphones cada vez mais acirrado, é normal se sentir confuso a respeito das características de cada modelo – principalmente se você for um leigo na área tecnológica.

Isso se torna ainda mais evidente quando se está procurando por modelos intermediários, que são os mais populares e disputados pelos fabricantes.

O Redmi Note 8 foi muito bem recebido pelo público por seus recursos atraentes combinados a um preço relativamente baixo.

Mais de um ano após o lançamento ele continua sendo um intermediário competitivo que vale a pena conferir. Em outras palavras, ele ainda pode valer a pena.

F.A.Q

A câmera principal serve para gravar vídeos em 4K e tirar fotos com zoom sem perder a qualidade. A grande angular é utilizada para fotos amplas de ângulo aberto. A macro serve para obter imagens bem focadas a curtas distâncias. Por fim, uma das lentes é um sensor de profundidade.

Ativando as funções de melhoria de imagem (como a HDR) e selecionando a câmera adequada para a fotografia que você deseja.

São dois aparelhos de linhas diferentes. O Note costuma ser direcionado para quem deseja mais potência, melhores câmeras e tela maior.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados