Melhores smartphones top de linha – Quais são os melhores celulares do ano?

by Carolina

Melhores smartphones top de linha de 2021: Quais são os melhores celulares do mercado?

Anualmente são lançados diversos smartphones voltados para diferentes públicos. No entanto, são os modelos dos melhores smartphones top de linha que chamam mais atenção da mídia especializada e recebem os maiores aplausos dos consumidores – as fabricantes fazem eventos inteiros só para eles!

Esses celulares são muito aguardados e possuem tantos diferenciais, que podem ditar as tendências de mercado pelos próximos anos.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, não há limites para a inovação. Empresas já consagradas procuram melhorar cada vez mais a experiência para os seus consumidores e outras fabricantes trabalham em inovações na tentativa de ganhar mais prestígio.

Então, se você acredita que apenas Samsung e Apple podem lançar aparelhos sofisticados, cuidado! Você pode estar perdendo oportunidades incríveis de conhecer outros aparelhos inovadores que te agradariam muito mais do que os “famosinhos”.

Por isso, vamos falar um pouco sobre os principais top de linha disponíveis no mercado brasileiro.

Os 5 melhores celulares top de linha

A melhor combinação de tecnologia vs desempenho
Novo chip A16 Bionic
Indicado para produtores de conteúdo
Bom conjunto de câmeras
Gravação em 8K
Ideal para quem gosta da clássica S Pen
Modelo compacto e com bom desempenho
Resistente à água
Bateria com boa durabilidade
A maior tela dobrável do mercado
Resistente à água
Indicado para quem quer consumir conteúdo
Tela OLED ultra curva com alta taxa de atualização
Um dos melhores processadores do mercado
Câmera de alta resolução

iPhone 14 Pro Max

O smartphone topo de linha da Apple

Os aparelhos da Apple ainda continuam em alta constante atualmente. Apesar de toda a polêmica com relação à venda separada dos seus periféricos (como carregador e fones de ouvido), os seus dispositivos ainda estão entre as melhores opções Premium para quem precisa de alto desempenho.

Sucessor do Apple iPhone 13 Pro Max e do próprio iPhone 12, o novo modelo traz melhorias significativas para um dispositivo de uso diário. Muito além de upgrades “desnecessários” e muito caros, o iPhone 14 Pro Max é mais veloz, possui maior capacidade de armazenamento e uma boa relação com as inovações recentes em nano chips da Apple.

Apesar do preço “pouco acessível” com relação a alguns smartphones intermediários da Samsung, os benefícios deste aparelho podem fazer valer o investimento para quem precisa estar sempre conectado.

Mais espaço em armazenamento interno: mesmo que tenha seguido a regra dos modelos anteriores, o diferencial de diversificar a capacidade de armazenamento é perfeito para quem armazena muita mídia no aparelho. Com até 1 TB de capacidade interna (não expansível), você certamente terá um celular com memória de sobra.

Novos chips Apple: uma das regras da Apple é lançar chips de processamento melhores a cada versão. O processador Avalanche, com dois núcleos de 3.46 GHz, supera consideravelmente o Firestorm, do iPhone 12 Pro Max. Isto significa mais velocidade, menor tempo de resposta do Sistema Operacional e maior fluidez de aplicativos mais pesados. 

O chipset A16 Bionic, versão melhorada do A15 Bionic, utilizado no iPhone 13 Pro Max, não mudou muito, mas já traz um modelo de 4 nanômetros, único para o mercado de aparelhos celulares. Memória RAM com tecnologia mais robusta também entra na lista de mudanças do novo iPhone.

Tela: a nova tela de até 120 Hz, 460 ppi e 6.7 polegadas também melhorou em qualidade e rapidez dos frames (mesmo que o tamanho tenha permanecido igual).

Pontos importantes: talvez as maiores mudanças que surpreenderam no novo iPhone 14 Pro Max tenham sido a capacidade da bateria (quem utiliza Apple sabe o quanto isso é importante). 4323 mAh é mais que suficiente para um dia inteiro de uso do aparelho, contra os 3687 mAh do iPhone 12. As câmeras também possuem maior abertura, resolução e qualidade (48 Mp + 12 Mp + 12 Mp).

Vantagens


Câmeras com maior abertura angular
Gravação em 4K
Indicado para produtor de conteúdo
Fluidez (com o novo processador de 4 nm da Apple)
Capacidade de armazenamento de 1 TB
Estabilização ótica surpreendente, com zoom de até 3x
Sistema mais rápido e seguro

Desvantagens


Não é acompanhado por carregador
Não é acompanhado por fone de ouvido
Preço elevado

Samsung Galaxy S22 Ultra

O melhor celular com S PEN do mercado

A Samsung também não fica de fora quando o assunto é inovação nos seus aparelhos. Assim como a Apple, a marca trouxe mudanças significativas de hardware para os seus celulares este ano.

O Galaxy S22 Ultra já conquistou o mercado de dispositivos móveis premium, estando na linha de sucessão do Apple iPhone 14 Pro Max. A sua tecnologia de processadores menores e mais eficientes é a grande aposta da multinacional.

Pagar um pouco mais vale a pena: enquanto o S21 Ultra, antecessor do S22, ainda está sendo vendido normalmente pela Samsung, o novo aparelho traz vantagens consideráveis de desempenho, que podem sim valer o pouco investimento adicional.

Para quem trabalha com streaming online, a maior capacidade de download do S22 surpreende: 10000 Mbps (quase 40% a mais que o seu antecessor). Apesar de ambos serem 5G, este é um plus para os que mais consomem dados na internet.

No geral, o novo modelo traz o maior impacto no quesito desempenho, com um processador um pouco mais potente (Córtex-A710) e um chipset mais robusto que o Exynos 2100, utilizado no S21 Ultra.

Informações a considerar: pode até parecer sem sentido para alguns usuários, especialmente os que utilizam multitarefas com mais de um App aberto simultaneamente, mas o S22 Ultra tem 4 GB de memória RAM a menos que o S21 Ultra, o que pareceu pouco favorável para um aparelho mais caro no mercado.

A verdade é que, para um modelo premium da Samsung, este foi um ponto fora da curva. Acreditamos que a real aposta da marca seja mesmo na inovação do seu hardware, com o novo processador de 4 nanômetros, também utilizado pela Apple, e uma GPU um pouco melhor, para entregar gráficos mais fidedignos.

Ficha técnica: o Samsung S22 Ultra acompanha a clássica Pen (canetinha), marca desta linha. Os 512 GB de memória interna continuam intactos (sem permitir expansividade), e as configurações da tela também parecem mais que suficientes para usuários deste nicho (AMOLED 2X e 6.8 polegadas de tamanho).

O modelo surpreende mesmo é na sua câmera, com gravação em 8K UHD, zoom óptico de 10 x e câmera principal de 108 MP.

Vantagens


Gravação em 8K (ideal para produzir vídeos profissionalmente)
Câmera com estabilização ótica + zoom de 10 vezes
Conjunto de câmeras de até 108 MP + 40 MP frontal
Tela AMOLED 2x, de 6.8 polegadas (uma das maiores do mercado)
Gorilla Glass Victus Plus
Armazenamento de interno de 512 GB
Bateria que dura mais que o iPhone 14 Pro Max

Desvantagens


Menos memória RAM que o S21 Ultra
Não permite expandir a memória com Micro SD
A escrita com a S Pen ainda tem um delay consideráve
Construção em plástico

Asus Zenfone 9

O smartphone da Asus resistente à água e com um dos melhores sistemas operacionais já lançados

A Asus é outra gigante do mercado Tech. Competindo com a Samsung e com a Motorola, a empresa também vem trazendo atualizações em seus modelos topo de linha. O Zenfone 9 é a prova disso:

Design: Com um design mais “arrojado” e diferente, o primeiro ponto a se destacar no novo Zenfone são as duas câmeras traseiras (em contrapartida às 3 ou 4 câmeras utilizadas pela Samsung e Apple). Com tamanhos e aberturas visualmente desproporcionais, elas entregam gravação em 8K e sensor principal de até 50 MP. Apesar de não ser a melhor qualidade da Asus em câmeras, o diferencial está na câmera frontal de 12MP, que não existia até o Zenfone 7.

Câmeras: Outro ponto positivo é que a tecnologia utilizada nas câmeras partem, principalmente, da marca Sony (famosa mundialmente por suas câmeras profissionais). Slow Motion, Gravações e fotos à noite e Timelapse mostra que a Asus está bastante preocupada com a boa experiência multimídia do seu modelo.

Tela compacta e eficiente: a tela do Zenfone 9 é menor que a de modelos anteriores, mas entrega um melhor desempenho, com 120 Hz, tecnologia AMOLED e densidade de 446 ppi. A segurança fica por conta do Gorilla Glass Victus (também utilizado pela Samsung).

Esta configuração foi desenvolvida com o intuito de facilitar o uso do aparelho com apenas uma mão, já que todo o seu novo Sistema Operacional é mais versátil e prático para esta finalidade.

Mais conectividade: é de se esperar que a Asus não fique para trás, e como as suas concorrentes, o lançamento do Zenfone 9 também foi, em partes, para trazer as novas tecnologias utilizadas na conectividade, como o 5G e suporte a redes DLNA.

Vantagens


Resistência a água
Compacto e robusto
Indicado para os amantes da fotografia
Conjunto de câmeras de até 50 MP + 40 MP frontal
Tela AMOLED 2x, de 6.8 polegadas (uma das maiores do mercado)
Gorilla Glass Victus
Armazenamento de interno de 256 GB
O melhor custo-benefício do mercado

Desvantagens


Tela menor que a do Zenfone 7
Bateria com menor durabilidade que a de modelos anteriores da Asus
Não permite expandir a memória

Samsung Galaxy Z Fold 4

A realidade da tela dobrável no seu bolso

Lançados há pouco tempo, os smartphones com tela dobrável já são tendências no mundo da tecnologia. Mais voltados para os usuários multitarefas, estes modelos costumam ter preços de produtos premium, e o Galaxy Z Fold 4 segue esta linha, chamando atenção e encantando os consumidores de streamings.

Desempenho: Além do que parece, o Fold 4 não tem apenas tela grande, mas também entrega um desempenho à altura que de quem quer aproveitar ao máximo o que ele oferece: memória RAM de 12 GB, para abrir dois ou mais apps ao mesmo tempo, o chipset Snapdragon 8 Plus (considerado um dos melhores do mercado atualmente), e uma memória interna de 1024 GB livres, para armazenar os seus arquivos sem qualquer problema com o armazenamento do seu aparelho.

Design: A tela dobrável alcança até 7.6 polegadas de tamanho, com qualidade AMOLED 2x e 2K de resolução. Esta característica é o grande diferencial da linha dobrável da Samsung, que oferece um painel próximo a um Tablet pequeno e uma qualidade surpreendente para quem gosta de ver Netflix e outros serviços de vídeos. No modo “closed”, o aparelho possui outra tela, mais discreta e de menor qualidade para o dia a dia.

Câmera: Já que o Z Fold 4 é o melhor aparelho portátil multi tela do mundo, as suas câmeras não poderiam deixar a desejar, com 50 MP na principal. O único ponto negativo dele, apesar de não impactar muito para o seu público alvo, é que a câmera frontal entrega apenas 4 MP. Ele também realiza gravações em 4K.

Bateria: A bateria do Fold 4 vem com 4400 mAh de capacidade, chegando perto de 15 horas de uso intenso do dispositivo (tempo mais que suficiente para o uso diário). 

Por ser um dos smartphones mais caros do mercado, vale considerar se os benefícios de uma tela deste nível realmente compensam a sua compra.

Vantagens


Maior tela dobrável do mundo
Compacto e robusto
Conjunto de câmeras de até 50 MP + 40 MP frontal
Tela AMOLED 2x, de 7.6″
Alta capacidade de memória RAM
Armazenamento de interno de 1 TB
O melhor modelo premium da Samsung

Desvantagens


Câmera frontal de baixa qualidade
A qualidade da tela secundária não é igual a da principal
Aparelho ainda é muito caro se não considerarmos a tela dobrável

Motorola Edge 30 Ultra 5G

O melhor da Motorola em um único aparelho

Apresentando uma das melhores relações de custo-benefício no nicho de aparelhos móveis premium, a Motorola resolveu sair da linha de dispositivos básicos e investir em um modelo que realmente conquistasse os consumidores mais seletos: o Motorola Edge 30 Ultra é o resultado de algumas tecnologias que há de melhor na empresa.

Design: com mais “cara” de Samsung que nunca, a Motorola dispensou os poucos elogios com as suas baterias ultra duráveis e entrou nas telas grandes e espaçosas, com melhor aproveitamento e um design curvo. Apesar desta característica “compartilhada”, a identidade da marca ficou clara na posição das câmeras traseiras, que costuma “sair das linhas” e inspirar modernidade.

Câmera de sobra: entrando na linha dos smartphones que dão show na câmera, o Edge 30 Ultra entrega até 200 MP de qualidade na sua câmera principal, com tecnologia Ultrapixel, com maior sensibilidade à luz e, consequentemente, fotos mais detalhistas e vívidas.

Além dela, o Edge 30 Ultra também tem uma câmera Macro de 50 MP (uma das melhores do mercado atualmente) e uma câmera frontal de 12 MP para selfies. Tudo isso permite gravação em 8K com HDR10: perfeito para a produção de vídeos curtos e fotos marcantes para mídias sociais.

Desempenho: com um dos processadores mais bem-avaliados em testes, o Edge 30 Ultra trouxe o Snapdragon 8+, da Qualcomm (disponível apenas em modelos mais caros da Samsung). A memória RAM de 12 GB e a capacidade de armazenamento interno de até 256 GB encerram este critério com uma pontuação de alto nível, compatível com qualquer jogo recente da Play Store.

Bateria: o Edge 30 Ultra poderia ter uma bateria de, pelo menos, 5000 mAh, mas este número deve ficar para o próximo aparelho topo de linha da Motorola. Por enquanto, este modelo vem apenas com 4610 mAh, que apesar de ser suficiente para mais de 8 horas de uso intenso, poderia ser um pouco melhor para justificar o preço.

Vantagens


Câmera de 200MP com HDR10
Perfeito para fotos à noite
Vídeos em 8K (ideal para produção de conteúdos profissionais)
Tela OLED de 6.7 polegadas e alta taxa de atualização (144 Hz)
Um dos melhores processadores da Qualcomm
Armazenamento interno de sobra (256 GB)
Tem suporte para 5G

Desvantagens


Não tem memória expansível
A bateria poderia entregar um pouco mais de autonomia
Tem apenas certificação IP52. Não é à prova d’água

Guia de compra

Os aparelhos celulares estão entre os dispositivos portáteis mais importantes em todo o mundo, por sua praticidade e tecnologia, eles permanecem no topo dos gadgets indispensáveis para o dia a dia das pessoas.

Os modelos premium, apesar de serem produzidos para um público mais restrito, também estão ganhando cada vez mais popularidade, sobretudo por suas inovações, como as telas dobráveis e as câmeras profissionais.

Quais são as características de um smartphone topo de linha?

Normalmente os celulares mais caros das marcas costumam trazer algumas inovações que os tornam mais atrativos que os seus concorrentes: a Apple é uma das melhores quando se trata de um bom conjunto de câmeras, já a Samsung se destaca por telas imersivas.

Mas certamente existem algumas características indispensáveis para os modelos mais caros de todas as marcas, como uma boa capacidade de memória RAM (que os coloque acima dos modelos intermediários) e um bom processador e chip gráfico. Sem estes requisitos, você pode acabar investindo em um celular com baixo desempenho, apesar de ter algum ponto forte na sua construção.

  1. Design:

Um modelo dedicado ao público premium deve ter um design atrativo, conquistando os seus usuários visualmente, através de um ótimo acabamento e de uma construção ímpar: considerando quesitos como o aproveitamento do display, materiais que tornem o aparelho resistente e até a ergonomia das mãos durante o uso. Mais que o visual, o Design também influencia na produtividade e na durabilidade do smartphone. Optar por revestimento em metal, ao invés do plástico, é um exemplo de uma boa escolha.

  1. Desempenho:

Apesar de estar sempre ligado com o processador, um bom desempenho também depende de outros hardwares, como a quantidade de memória RAM disponível, a memória de armazenamento interna e até o sistema de resfriamento do celular (evitando perda de eficiência por superaquecimento). Portanto, equilibrar estes pontos é a única forma de ter um smartphone veloz nas mãos.

  1. Armazenamento:

Com câmeras cada vez mais fidedignas, mídias de grande tamanho também são comuns, e por isso uma boa capacidade de armazenamento é importante, especialmente se o aparelho não permite aumentar a sua capacidade através de um Cartão SD.

  1. Câmera:

As câmeras profissionais nunca foram tão famosas quanto agora, e mesmo que você não seja um aficionado por registros em vídeo ou fotos, você certamente precisará de uma câmera se optar por um modelo premium. Acredite: uma boa resolução e até uma câmera mais específica, como uma lente Macro, pode fazer a diferença no dia a dia. 

Qual a melhor marca de celular atualmente?

É bem difícil dizer qual marca é a melhor no mercado de smartphones. A verdade é que elas acabam buscando diferenciais em nichos distintos, como uma tela maior, uma câmera de melhor amplitude ou sistemas operacionais mais rápidos e seguros. 

Visando públicos alvo também exclusivos, elas competem frente a frente em algumas tecnologias, e aí sim é possível encontrar as melhores marcas de aparelhos. A Apple acaba ganhando mais espaço para os produtores de conteúdo, enquanto a Samsung ganha disparada quando o assunto é consumo de streaming na internet.

Outras empresas, como a Asus e a própria Xiaomi buscam maior presença no tema “custo-benefício”, tornando os seus modelos topo de linha pouco interessantes nesta disputa, apesar de também serem boas alternativas.

Os modelos premium (mais caros) sempre são os melhores?

É fato que quanto maior o investimento em tecnologia, mais caro o smartphone deve ser. Mas nem sempre o preço significa um aparelho ideal para todas as pessoas: por isso a linha premium costuma ter um público alvo bem específico para as empresas. 

A nossa dica é que você escolha o seu smartphone sempre com base em alguma necessidade, sem considerar apenas o preço (sobretudo para os aparelhos mais caros). Caso você realmente precise de um modelo com uma câmera surpreendente e um bom desempenho, o iPhone 14 Pro Max pode ser a melhor escolha, mas se você quer um celular com mais bateria, o Galaxy S22 Ultra é a nossa recomendação.

Quanto tempo dura um smartphone topo de linha?

Em se tratando de aparelhos celulares, nem sempre a durabilidade aumenta com o seu preço. Mas existem algumas tecnologias que ajudam na hora de ter um dispositivo mais robusto para o dia a dia: o Gorilla Glass Victus, presente no vidro de diversos celulares da Samsung é uma delas. 

Além disso, a resistência à água e à poeira, combinados com um bom uso, também aumentam a vida útil de um smartphone.

Faltam opções no mercado?

O mercado nacional de smartphones patina em relação ao mercado internacional. Pelas mais diversas razões, muitas das marcas que fazem bastante sucesso internacionalmente, como OnePlus ou Huawei, não possuem representação oficial no Brasil.

Nossa situação foi agravada com o anúncio da LG de que iria interromper a produção de smartphones, deixando os consumidores com ainda menos opções.

Não sabemos como essa situação deve evoluir nos próximos anos, mas é certo que a redução da concorrência deve fazer com que os preços subam ainda mais.

Bônus: tendências

Há quem diga que não existe mais espaço para as inovações nos smartphones, mas não é o que temos visto. As fabricantes têm se esforçado para melhorar cada vez mais a experiência dos usuários, e nos ultmos anos nós podemos testemunhar muitas mudanças importantes. Algumas das que podem ser tornar tendência são:

  • Telas dobráveis: muitas pessoas se sentem nostálgicas ao lembrar dos celulares flips e deslizantes. Algumas empresas viram nisso uma oportunidade para lançar novas tendências. É o caso do Galaxy Fold da Samsung, que pode ampliar a sua tela. Outro exemplo é o Motorola Razr, que usa um design semelhante ao dos aparelhos antigos. A possibilidade de ampliar as telas sem aumentar demais o celular deve acabar se tornando uma realidade em não muito tempo;
  • 5G mais acessível: por enquanto, a conexão 5G só está presente em modelos mais caros. Porém, a medida em que a tecnologia for sendo implementada, as fabricantes devem embuti-la em todos os seus aparelhos. Dificilmente veremos algum celular ser lançado sem conexão 5G nos próximos anos;
  • Alta qualidade de imagem: câmeras 8K e telas com altíssima resolução e contraste devem marcar presença. Em breve gravações Full HD deverão se tornar coisa do passado;
  • Peças vendidas à parte: com os novos aparelhos da Apple e da Samsung chegando ao consumidor sem carregador é de se esperar que em breve essa tendência seja seguida por outras marcas – para tristeza dos consumidores.

Conclusão

O segmento de smartphones top de linha é o responsável por ditar tendências, mostrar toda a capacidade de inovação de uma empresa e atender aos mais exigentes consumidores. Todos os anos os eventos realizados para lançar os novos aparelhos atraem os olhos de investidores e entusiastas ávidos por novidades.

Infelizmente, não temos aqui no Brasil a variedade de modelos que gostaríamos e muitas vezes os aparelhos chegam com menos recursos do que em outros países. No entanto, ainda há boas opções no mercado nacional para quem procura por esses aparelhos.

Qual é a sua experiência com smartphones top de linha? Já escolheu o seu?

F.A.Q.

1 thought on “Melhores smartphones top de linha – Quais são os melhores celulares do ano?”

  1. Eai galera do site a melhor escolha, beleza!
    Muito top essa escala dos melhores celulares de 2021, fica até difícil escolher um telefone para usarmos kkk. A tecnologia só avança e sabemos que irá avançar mais ainda.

    Reply

Leave a Comment