Guia Completo para Comprar um Smartphone: Como escolher o melhor smartphone?

by Carolina

Guia Completo para Comprar um Smartphone em 2021: Como escolher o melhor smartphone?

Atualmente os smartphones são considerados tão importantes quanto os computadores no nosso dia a dia. Porém, enquanto os notebooks são utilizados principalmente como ferramenta de trabalho, os celulares se tornaram praticamente uma extensão do nosso corpo.

Esses pequenos aparelhos são essenciais para comunicação e consumo de conteúdo – além de serem cada vez mais utilizados para trabalhar e estudar. Justamente por isso é essencial escolher um celular que atenda às suas necessidades e valha o investimento.

Índice

O grande problema é: como realizar essa escolha?

O mercado de smartphones atual é um dos mais competitivos do mundo. Diversas marcas disputam ferozmente a preferência dos diferentes tipos de consumidores e o lançamento de novos modelos chega a ser frenético.

De fato, é difícil escolher com tantas opções no mercado. A única coisa que sabemos é que não vamos encontrar um celular perfeito, que seja 100% de acordo com todas as suas preferências – e por um preço acessível. Então é necessário focar naquilo que é mais importante para você e caiba no seu orçamento.

Por isso, criamos esse guia para esclarecer de forma prática os tipos de smartphones disponíveis nas lojas e qual é a melhor escolha para você.

O que considerar na hora de comprar um smartphone?

Como já explicamos, existem diversos tipos de smartphones com diferentes filosofias de uso. Diante desta variedade, é muito importante ter em mente alguns critérios de compra para você considerar no momento da escolha.

Esses pontos devem ser observados durante a compra, independente da faixa de preço ou a forma como você usa esse aparelho.

  • Bateria: Antigamente as baterias dos telefones poderiam durar vários dias, já que não existiam tantos aplicativos, as telas tinham resoluções pequenas e o uso era muito básico. No entanto, os modernos smartphones exigem muito mais energia para funcionar. Portanto, se você não quiser ficar andando com carregadores o tempo todo é melhor escolher um modelo com, pelo menos, 3000 mAh de carga. Também é recomendável que o aparelho tenha carregamento rápido;
  • Processador: Esse é um dos quesitos que mais encarecem os celulares modernos. Os processadores atuais, com alta capacidade, conseguem entregar o melhor desempenho mesmo com aplicativos pesados, mas eles têm um preço. É muito importante saber qual é o seu perfil de usuário para não acabar pagando mais por algo de que não necessita – ou comprando um celular que não te atenda;
  • Câmera: Estamos na era das redes sociais e muitas pessoas gostam de fazer vídeos e fotos caseiros para compartilhar com amigos, familiares e (por que não?) fãs. Justamente por isso muitos fabricantes investem pesado na qualidade das câmeras para os seus smartphones. Quando for fazer a sua escolha lembre-se de olhar outros recursos além dos famosos megapixels, com estabilização de imagem e inteligência artificial. Também não se esqueça de que um bom processador é necessário para gerar imagens melhores;
  • Memória: Ninguém gosta de precisar perder tempo apagando arquivos antigos ou realizando backups. Sem contar que memória cheia faz com que o aparelho fique mais lento! Quanto maior a capacidade de armazenamento do seu smartphone melhor para você. Também é interessante que haja a possibilidade de utilizar cartões de memória (embora estejam cada vez mais caindo em desuso);
  • Tela: Nem todo mundo gosta de tirar muitas fotos ou usar o Instagram, mas quase todos gostam de consumir conteúdo. Para que esse consumo seja agradável é essencial uma boa tela. Para aproveitar o melhor da internet, o ideal é no mínimo uma resolução Full HD (claro que se não couber no seu orçamento uma HD deverá ser o bastante. Observe também outras tecnologias que acompanham o aparelho, como Amoled, por exemplo;
  • Sistema Operacional: O mercado atual é dominado por Android e iOS. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o sistema Android não é característico apenas de aparelhos baratos e sem qualidade. Na verdade, muitos smartphones de alta qualidade usam o sistema da Google como base. O Android é conhecido pela grande quantidade de aplicativos disponíveis, além da abertura do sistema. Já o iOS é exclusivo dos Iphones e preza pela fluidez, simplicidade e integração com dispositivos Apple.

Quais são as categorias de smartphones?

Além de observar essas características você pode dividir os smartphones em categorias de acordo com a faixa de preço e o público-alvo. Ao usar essa classificação fica mais fácil se orientar nas suas pesquisas.

Entrada

Também são conhecidos como aparelhos básicos, já que não possuem recursos considerados mais modernos, portanto, mais avançados. Suas especificações em geral são as mais fracas do mercado e o acabamento tem pouca qualidade.

A ideia aqui é fornecer smartphones pelo menor custo possível. Por isso, esses modelos são procurados por quem está com o orçamento apertado.

Então não espere um grande desempenho desses modelos, já que alguns deles travam até para tarefas básicas. Se você utiliza seu smartphone com frequência, precisa de configurações mais avançadas e está disposto a gastar um pouco mais, é melhor esperar um pouco para comprar algo melhor, caso você tenha essa opção.

Intermediários

São os aparelhos com foco no custo-benefício. Eles buscam trazer o máximo de recursos úteis pelo menor preço para o consumidor, por isso, são muito procurados. Lembrando que quanto mais caros os celulares, menores são as vantagens que eles trazem em relação aos modelos um nível abaixo deles.

Na prática, isso significa que pode haver pouca diferença entre os modelos mais caros e os intermediários, o que pode te render uma boa economia.

Atualmente, com o preço dos aparelhos mais avançados ficando cada vez mais elevados, acabou surgindo uma nova geração de intermediários cheio de recursos: os intermediários premium.

Eles se caracterizam por apresentar um corpo intermediário, mas com algumas características típicas de smartphones mais avançados – com a vantagem de que são mais baratos.

Avançados ou de ponta

Trazem as tecnologias mais avançadas disponíveis atualmente em termos de processamento, câmera, telas e inovações. Com acabamentos refinados e recursos incríveis, esses aparelhos são verdadeiros sonhos de consumo O problema é que o preço acompanha o aumento da qualidade.

Embora sejam muito atrativos para os consumidores, lembre-se de que nem sempre você precisa de tanto desempenho. Às vezes, comprar um intermediário evita que você pague por algo que nem vai utilizar.

E os top de linha?

É normal confundir aparelhos top de linha com aparelhos de ponta, que muitas vezes são usados como sinônimos. Na realidade, top de linha é o termo usado para definir o aparelho mais avançado de uma empresa, que não necessariamente é um smartphone de ponta.

Bônus: aparelhos super premium

Se você acredita que o Iphone é o que há de mais caro no mercado, terei que te decepcionar. Existem smartphones de custo ainda mais elevado, classificados como super premium.

Normalmente, eles são celulares experimentais, que utilizam tecnologias como telas dobráveis ou tecnologia modular. Outros, são construídos para atender a necessidades específicas, como os smartphones feitos para o público gamer.

Quais as diferenças entre as marcas de smartphones?

Não existe smartphone perfeito. Cada um tem suas vantagens e desvantagens – e isso também vale para as marcas. Na tentativa de se manterem competitivas no mercado, as marcas definiram seus focos e construíram aparelhos pensando em diferentes tipos de consumidores. Vamos ver agora as características de algumas das mais famosas:

Apple

É quase impossível falar de smartphones sem citar a Apple – marca responsável por popularizar os celulares inteligentes. Os Iphones são especialmente voltados para produção de conteúdo, já que se integram muito bem aos aplicativos das redes sociais e têm ótimas câmeras de produção de vídeo. Esses celulares também são muito prestigiados pela durabilidade.

A maior desvantagem dos Iphones, é o seu custo. O preço dos Iphones é quase proibitivo. O sistema operacional utilizado, iOS, é estável e de fácil utilização, mas é considerado muito fechado por alguns usuários (depende das preferências de cada um).

Samsung

Uma das fabricantes mais populares do Brasil, a Samsung é famosa por suas telas. Até os modelos mais baratos contam com Amoled e alta resolução! Seus aparelhos são muito recomendados para quem deseja consumir mídia. Outra vantagem são as suas câmeras frontais, que estão sendo bem desenvolvidas nos últimos anos.

Como desvantagens temos o processamento das fotos que deixa as imagens muito brancas. Além disso, a construção em plástico pode ser bastante desagradável. Outro problema é a ausência de NFC, necessário para realizar pagamentos – a marca tem uma plataforma de pagamentos própria que não é utilizada por todos.

LG

Infelizmente a LG tem perdido bastante espaço no mercado global. No entanto, ela ainda tem coisas boas para oferecer. Uma delas é a proteção dos celulares, que costumam ser bem resistentes.

Outra vantagem é o sistema de áudio de alta qualidade, que é incluído em boa parte dos smartphones da marca. Vale lembrar que a LG é uma das poucas empresas que mantém entradas para fones de ouvido. Além disso, suas câmeras possuem programas bem completos, que possibilitam ótimas edições.

Por outro lado, aqui também há um sério problema de demora nas atualizações. Fora que os smartphones LG não costumam se sobressair diante de outros aparelhos, ainda que muitos deles entreguem um bom conjunto por preço em conta.

Motorola

Uma das maiores vantagens da Motorola é a presença de tecnologias mais avançadas em aparelhos não tão caros. Um dos maiores exemplos disso é o carregamento rápido, muito necessário para quem faz uso intenso do aparelho. O Android é otimizado pela empresa para ser bem leve, fluido e com capacidade de reconhecer gestos.

Como pontos negativos temos a demora nas atualizações dos aparelhos. O design também é controverso, já que alguns o consideram grosseiro demais (questão de gosto pessoal).

Por fim, as câmeras de algumas linhas da Motorola deixam um pouco a desejar. Não que sejam ruins, mas ficam para trás diante de outras marcas.

Asus

Não há muitos detalhes para falar da Asus. Essa marca foca em fazer o básico que funciona, com muito investimento em boa construção e processamento. O problema fica por conta do sistema operacional: muitas vezes, as atualizações possuem falhas que podem ser bem desagradáveis para o dono do aparelho.

Xiaomi

Queridinha do momento, já se tornou impossível falar de smartphone sem citar a Xiaomi. Essa marca se destacou investindo em boas telas, processadores, aparelhos bonitos, porém sem acessórios. O sistema de som costuma ser meio fraco, também.

Tudo isso faz parte da política da empresa, criada para economizar e tornar os aparelhos mais baratos. O resultado final são conjuntos básicos, mas que funcionam muito bem. Se você não se importa com essas pequenas falhas, essa marca vai te agradar.

Não é necessário ficar preso a essas marcas

É claro que existem outras opções no mercado – especialmente se você falar em importados. Aqui damos apenas uma ideia do que você vai encontrar nas lojas. Caso se sinta seguro e tenha boas referências de outros produtos, é possível tentar celulares diferentes desses.

Conclusão

O mercado de tecnologia se tornou tão concorrido que os consumidores têm dificuldade de saber por onde começar a pesquisar suas compras.

Quando se trata de smartphones a confusão é ainda maior, com várias marcas disputando ferozmente a preferência dos consumidores. Além disso, a tecnologia cada vez mais avançada faz com que surjam novas categorias.

Para se orientar em meio a essa bagunça é importante que você saiba quais as características que devem ser consideradas ao analisar os produtos. Além disso, é importante saber quais as categorias disponíveis para compra. Por fim, tenha em mente que cada marca possui um foco e atende a um determinado perfil de consumidor.

Você já escolheu o seu smartphone? Qual aparelho mais combina com você? Deixa nos comentários!

F.A.Q.

Qual é o melhor smartphone para mim?

O melhor smartphone varia de pessoa para pessoa. Em geral, você pode considerar bateria para um dia inteiro, processador com desempenho razoável e tela de boa resolução – essas são características que vão te agradar independente do seu perfil.

O que preciso saber para comprar um smartphone?

Ao comprar um smartphone o mais importante é ter em mente o tipo de uso que você faria dele, e qual é o seu orçamento disponível. Sabendo disso, você pode buscar as marcas e produtos que mais combinam com as suas preferências.

Qual é o melhor smartphone para acessar redes sociais?

Se a sua intenção é apenas consumir conteúdo de redes sociais é bom escolher smartphones com telas de alta resolução e boa qualidade de áudio. Porém, se você pretende postar seus próprios vídeos e fotos é muito importante que haja boa qualidade de câmeras e processador eficiente.

Leave a Comment