Para que serve Vitamina C no rosto?

by Carolina

Você já deve ter percebido que utilizar vitamina C no rosto virou praticamente uma tendência!

A maioria das pessoas que falam e entendem de rotina de cuidados com a pele recomendam o uso desse tipo de produto no dia a dia. Mas será que vale a pena mesmo gastar dinheiro com isso?

Para responder esta e outras perguntas sobre o assunto, preparamos um artigo com todas as informações que você precisa entender o que é e para que serve a vitamina C no rosto.

E ainda te ajudamos a escolher o produto certo! Vamos lá?

Índice

O que é Vitamina C?

Vitamina C é o nome popular do ácido ascórbico, um nutriente essencial para o bom funcionamento do organismo. Porém, apesar de ser essencial, esse nutriente não é produzido naturalmente pelo corpo humano.

Por isso, médicos e nutricionistas recomendam o consumo de alimentos ricos em vitamina C, tais como acerola, laranja, espinafre, brócolis, entre outros.

E por que consumir esses alimentos é tão importante?

O problema é que, em casos graves, a deficiência de vitamina C no organismo provoca o desenvolvimento de uma doença chamada escorbuto.

Por esse motivo, muitas vezes é necessário suplementar a alimentação com algum comprimido ou solução oral de ácido ascórbico para evitar o desenvolvimento de problemas sérios que afetam o seu bem-estar físico e mental.

Agora você pode estar se perguntando: se a vitamina C precisa ser inserida na dieta, por que aplicá-la na pele do rosto? Calma! Vamos te explicar tudo abaixo!

Qual o efeito da Vitamina C na pele?

Como você já deve imaginar, nossa alimentação tem um grande impacto na aparência e vitalidade da nossa pele.

Por isso, é claro que o consumo de frutas, verduras e suplementos ricos em vitamina C, também contribuem para a melhoria da textura e do aspecto geral da nossa pele.

Porém, pesquisadores descobriram que é possível potencializar esse efeito positivo e até obter novos benefícios através do uso tópico, isto é, direto na pele.

Afinal, o ácido ascórbico é um poderoso antioxidante. Por isso, quando você usa essa substância no rosto por um período de tempo, sua pele se torna mais jovial e iluminada, melhora a sua textura e ainda previne o envelhecimento precoce.

Além disso, o uso tópico da Vitamina C é muito mais eficiente para tratamentos dermatológicos do que quando utilizada via oral.

Porém, a eficiência dessa aplicação depende de vários fatores, como concentração do ativo, qualidade, velocidade, oxidação e até a textura. Para uso tópico, geralmente, esse produto é comercializado na forma de séruns, pomadas, cremes, loções, hidratantes, entre outros produtos.

Lembrando que o problema não é a textura em si, mas o fato de que algumas pessoas não se adaptam à textura de certos produtos. Por isso, interrompem o tratamento e, por consequência, não alcançam o resultado esperado.

Mas antes de nos aprofundarmos nesse assunto e te ajudar a escolher o ácido ascórbico ideal para o seu tipo de pele, vamos destacar quais são os principais benefícios do tratamento com vitamina C para o rosto.

Quais são os benefícios da Vitamina C para o rosto?

Você sabe por que tantos dermatologistas, esteticistas e influenciadores que falam sobre cuidados com a pele recomendam o uso contínuo da vitamina C no rosto?

Isso ocorre porque a aplicação do ácido ascórbico produz vários benefícios à sua pele!

Já citamos alguns deles acima e agora vamos te explicar com mais detalhes cada um deles. 

Previne o envelhecimento precoce

Vários fatores influenciam no processo de envelhecimento da pele, tais como a exposição solar, a poluição, a má alimentação, o sedentarismo, o consumo de álcool e o tabagismo.

Junte esses fatores externos com o processo natural de envelhecimento do nosso organismo e você sofrerá um aumento da produção de radicais livres e da oxidação das células.

Como consequência, ocorre a redução da produção de colágeno na pele, o que provoca o desenvolvimento de rugas e linhas de expressão mais cedo do que o esperado. É nesse cenário que surgiu o termo envelhecimento precoce.

Mas como combater esse problema?

Como falamos anteriormente, a vitamina C é um poderoso antioxidante. Isso significa que esse nutriente protege as células do contra a ação dos radicais livres e da oxidação celular, retardando o processo de envelhecimento e os efeitos negativos de fatores externos.

Por conta dessas características, atualmente a Vitamina C é considerada uma aliada indispensável no combate ao envelhecimento, à poluição e à radiação solar.

Vale lembrar que ter uma vida mais saudável também potencializa o efeito dessa substância na sua pele.

Ajuda a clarear as manchas na pele

Você sabia que a vitamina C clareia a pele? Isso ocorre porque o ácido ascórbico também tem uma ação despigmentante, porque é capaz de reduzir a produção de uma enzima chamada tirosinase.

Essa enzima é fundamental para a formação da melanina, pigmento responsável por dar cor à nossa pele. O problema é que, em função de diversos fatores, essa substância também provoca o surgimento de manchas da pele.

Como a vitamina C interrompe esse ciclo de produção, ela contribui não só para o clareamento de manchas, mas também para a uniformização da pele.

Estimula a produção de colágeno

O colágeno é uma proteína muito comum no nosso corpo. Para você ter uma ideia, cerca de 35% das proteínas do corpo humano pertencem à família do colágeno.

Essa substância é tão abundante por conta da sua função, já que é responsável por conferir estrutura, elasticidade e firmeza a vários tecidos, incluindo a pele.

O problema é que, como dissemos anteriormente, a produção de radicais livres também contribui para a diminuição na produção do colágeno. E sem essa substância, as chances de desenvolver rugas e linhas finas é bem maior.

Porém, o uso da vitamina C também pode retardar esse processo. Afinal, além de inibir a produção de radicais livres, o ácido ascórbico também estimula a produção e a estabilização de colágeno no corpo.

Dessa forma, sua pele se mantém mais hidratada e com fibras estruturais mais estáveis, prevenindo o surgimento de linhas de expressão.

Aumenta a luminosidade e a hidratação da pele

O uso do ácido ascórbico protege a barreira natural da pele, impedindo a perda de água para o ambiente. Por esse motivo, seu uso ajuda a manter a pele mais hidratada e viçosa.

Além disso, por conta de todos os benefícios que explicamos acima, o uso contínuo de vitamina C no rosto também contribui para uma pele iluminada e com uma textura muito melhor.

Ou seja, o uso dessa substância melhora o aspecto da pele como um todo, te deixando muito mais bonita.

Potencializa a ação do protetor solar

Os dermatologistas dizem que o protetor solar é o maior aliado no combate ao envelhecimento precoce. Afinal, ele impede que sua pele seja danificada em função do contato com a radiação UVA e UVB.

Mas você sabia que é possível potencializar essa ação com ajuda da vitamina C?

Como o ácido ascórbico tem uma função antioxidante, ele também ajuda a reduzir os danos provocados pela exposição solar, contribuindo para o efeito do protetor solar. Por isso, o ideal é que a vitamina C seja aplicada no rosto antes do protetor.

Como incluir a Vitamina C na sua rotina de skincare?

Agora que você já sabe o que é e quais são os benefícios da vitamina C, está na hora de aprender a utilizá-la junto com os outros produtos de skincare.

Para isso, recomendamos que você siga o seguinte passo a passo:

  • 1. Lave o rosto com um sabonete específico para seu tipo de pele
  • 2. Se fizer parte da sua rotina, aplique um tônico adequado para o seu tipo de pele e espere secar
  • 3. Em seguida, aplique a vitamina C de acordo com as instruções do fabricante, espalhando bem o produto por todo o rosto
  • 4. Após a secagem do produto, utilize um hidratante específico para seu tipo de pele
  • 5. Termine sua rotina aplicando um protetor solar específico para a sua pele

Dicas extras para inserir a Vitamina C na sua rotina!

  • A Vitamina C pode ser usada de manhã e à noite. Porém, como potencializa o efeito do protetor solar, os dermatologistas recomendam seu uso pela manhã
  • Embora você possa encontrar sabonetes, tônicos, entre outros cosméticos com ácido ascórbico em sua composição, o ideal é utilizar um dermocosmético específico de tratamento com vitamina C. Afinal, esse tipo de produto contém uma maior concentração de ativo e ainda pode conter outras substâncias para tratamento da pele
  • O ideal é que esse produto seja incluído na sua rotina a partir dos 25 anos de idade, porque é nessa fase que a produção de colágeno começa a diminuir cerca de 1% ao ano
  • A vitamina C é recomendada para todos os tipos de pele. Porém, tenha cuidado ao escolher a textura do produto. Para peles oleosas, por exemplo, é melhor optar por um sérum

Como escolher a Vitamina C certa para a sua pele?

Você já está decidido a incluir a Vitamina C na sua rotina de skincare?

Então, você precisa entender como escolher o produto à base de ácido ascórbico ideal para o seu rosto. Confira nossas recomendações abaixo!

Fique atento ao tipo de Vitamina C

A molécula de Vitamina C é muito instável e, por isso, pode ser oxidada com facilidade. Quando isso ocorre, ela perde sua eficiência e deixa de promover os benefícios esperados com sua aplicação.

Por isso, um dos maiores desafios na fabricação desse tipo de produto é desenvolver uma fórmula estável e de fácil penetração na pele.

Diante desse desafio, a indústria cosmética desenvolveu 3 tipos de vitamina C, que podem ser utilizadas na formulação de dermocosméticos. São elas:

  • Ácido L-ascórbico: essa é a vitamina C pura e, portanto, uma molécula de difícil estabilização. Em função dessa dificuldade, somente os dermocosméticos mais avançados, produzidos com mais tecnologia são formulados com esse tipo de vitamina C. Apesar de ser bem mais eficiente e produzir melhores resultados, esse tipo de produto também tem um preço mais elevado;
  • Derivados de vitamina C: ascorbyl palmitate, magnesium ascorbyl phosphat, tetrasubstudies lipophilies ascorbates e ascorbyl glucoside são exemplos de moléculas derivadas de ácido ascórbico. Apesar de apresentarem uma eficiência menor, essas moléculas são mais estáveis e não oxidam de forma tão rápida. Por isso, elas são utilizadas em dermocosméticos com preços mais acessíveis.
  • Vitamina C nanoencapsulada: nessa formulação, as moléculas de ácido ascórbico são envolvidas por nanocápsulas, que as protegem do processo oxidativo. Apesar de serem mais estáveis, ela tem uma eficiência bem reduzida em comparação às demais. Por isso, esse tipo de vitamina C é utilizada em produtos mais baratos.

Cuidado com a concentração

Além do tipo de vitamina C, a concentração desse ativo no produto também faz diferença na sua eficiência e no preço.

Geralmente, os dermocosméticos contam com 5% a 20% de algum tipo de ácido ascórbico em sua composição.

Porém, o ideal é que ele tenha, pelo menos, 10% de vitamina C para que você tenha um bom resultado. Caso sua pele seja sensível ou tenha alguma dúvida sobre esse produto, o ideal é procurar as orientações de um dermatologista.

Dê preferência a produtos com vários ativos

Para potencializar o efeito da vitamina C, muitas marcas adicionam outros ativos poderosos na formulação do produto.

Dentre esses ativos, os mais comuns são o ácido ferúlico e a vitamina E, que também têm função antioxidante.

Além disso, existem produtos que associam a vitamina C com ácido hialurônico, aumentando sua ação hidratante.

Preste atenção na textura do produto

Como falamos anteriormente, a Vitamina C para uso tópico pode ser encontrada em texturas diferentes. Essa característica depende principalmente do veículo, ou seja, o meio líquido onde o ácido ascórbico é dissolvido.

Em geral, as texturas mais comuns são sérum, loções, máscaras, hidratantes, entre outros.

Porém, os dermatologistas geralmente recomendam o uso do sérum de Vitamina C, por ser um produto mais leve, de fácil absorção e que é indicado para todos os tipos de pele.

Lembrando que isso é apenas uma recomendação e que você também deve levar em consideração a textura que mais te agrada na hora da compra.

Confira as avaliações da marca e do produto

A Vitamina C virou uma tendência no mercado dos cosméticos. Por isso, várias empresas passaram a investir na fabricação e na divulgação de produtos formulados com ácido ascórbico.

O problema é que nem sempre esses produtos realmente funcionam. Por isso, antes de fazer qualquer compra, busque informações sobre a marca, veja a lista de ingredientes do produto, procure resenhas e veja a opinião de outros consumidores.

Se possível, busque a orientação de um dermatologista, que vai te indicar o produto certo para a sua pele.

Qual é a melhor Vitamina C para o rosto?

Não existe a melhor vitamina C ideal para todas as peles, mas é possível encontrar a melhor vitamina C para o seu rosto.

Afinal, como as fórmulas contém outros ativos, elas também te ajudam a tratar outros problemas.

Mas com tantas opções disponíveis no mercado, como saber qual escolher?

Para te ajudar nessa missão, recomendamos que assista ao vídeo abaixo e conheça ótimas opções de vitamina C em diferentes faixas de preço.

https://www.youtube.com/watch?v=NBHI9lvoYdE

Conclusão

Não é só uma tendência passageira. De fato, produtos formulados com vitamina C são excelentes para tratamentos dermatológicos.

Como explicamos ao longo do artigo, o ácido ascórbico é um excelente aliado na prevenção do envelhecimento precoce, da textura, da firmeza e do aspecto da pele como um todo.

Por isso, o uso desse tipo de dermocosmético é indicado para pessoas a partir de 25 anos de idade, quando a produção do colágeno começa a diminuir.

Só tenha cuidado na hora de comprar o seu produto com vitamina C. Observe a concentração, a textura, o tipo de vitamina C utilizado e pesquise bastante antes de fazer esse tipo de investimento.

Gostou do artigo? Confira outros artigos sobre cuidados com a pele!

F.A.Q.

Pode usar Vitamina C todos os dias?

Sim, o ideal é utilizar vitamina C no rosto todos os dias, de preferência pela manhã. Assim, você combina o uso da vitamina C com o protetor solar, aumentando sua proteção.

O que a vitamina C faz na pele?

O uso contínuo de vitamina C no rosto promove vários benefícios, como prevenção do envelhecimento precoce, aumento na produção de colágeno e ainda promove o clareamento das manchas e a melhora da luminosidade e da hidratação da pele.

Como saber se a vitamina C é boa?

Para saber se a vitamina C é boa, é importante conferir sua lista de ingredientes, o tipo e a concentração de vitamina C utilizado na formulação, a presença de outros ativos e a reputação da empresa fabricante. Para não errar, dê preferência aos produtos indicados por dermatologistas e confira a opinião de quem já usou a vitamina C que você deseja.

Leave a Comment