Como escolher a melhor espirulina em 2020?

Nesse artigo você vai encontrar dicas atualizadas para escolher spirulina

O mercado de suplementos alimentares é muito mais amplo do que a maioria das pessoas pensam. Quem acha que complementar alimentação significa se entupir de polivitamínicos está muito atrasado. Existe uma vasta gama de opções para quem quer uma vida mais saudável, melhorar a performance, fortalecer o corpo… Enfim, há soluções para todos os tipos de problemas. E uma que vem tomando muito espaço é a spirulina.

Spirulina é um tipo de suplemento diferente do que estamos acostumados. Alguns chegam a considerá-la um alimento funcional. Ou seja, além fornecer nutrientes ele pode contribuir com a sua saúde. Vamos descobrir nesse artigo o que é a spirulina, quais os seus benefícios, como escolher a sua, indicações e contraindicações. Veja nossas opções e não deixe de conferir o Guia do Comprador.

Vamos analisar agora alguns modelos e apresentar os critérios de escolha.

Recomendações

Antes de conferir as dicas, conheça as nossas indicações de spirulina para você.

Escolha Premium

Essa opção consiste em 60 cápsulas de spirulina de 500 mg cada e 100% natural para ser tomadas em duas vezes ao dia. As cápsulas oferecem a vantagem de serem fáceis de transportar e poderem ser ingeridas após as refeições como uma vitamina comum. Além disso, apesar de ser uma opção premium, o preço não é tão elevado assim em comparação a outras opções.

Nossa recomendação

Aqui temos 200 tabletes de espirulina 500 mg que também podem ser ingeridas duas vezes ao dia. Esses tabletes oferecem como vantagem a facilidade de ingestão e absorção –  e também podem ser transportados com facilidade. Além disso, oferece um excelente custo-benefício, com um preço médio baixo para a quantidade oferecida.

Melhor para o seu bolso

O melhor para o bolso, porém não tão prático. Essa spirulina é apresentada em forma de preparação em pó – um refil para ser colocado em vasilhame. A regra é misturar a dose recomendada em alguma bebida de sua preferência, o que também facilita a digestão. Claro que você não pode levar para outros lugares.

Itens que você também pode se interessar:

Temos aqui diversas sugestões de itens que podem te interessar.

Melhor espirulina

Índice

Mini Guia de Compra

Escolher spirulina é muito mais sobre qual forma de apresentação você prefere do que sobre o produto em si. Deseja misturar aos alimentos? Quer absorção mais rápida? Faz questão de uma dosagem mais precisa? Esses são aspectos que devem ser levados em conta no momento da compra. Você também pode avaliar de acordo com o preço e a quantidade desejada.

As formas mais comuns de apresentação da spirulina são em cápsulas e em pó. Existem também as opções em tabletes prensados a frio. Todas essas oferecem integralmente os nutrientes do produto – porém pode haver alguma diferença de preço entre elas. As quantidades e recomendações do fabricante quanto ao consumo também variam, de forma que você deve calcular quanto vai precisar para um mês.

Aqui vamos apresentar algumas opções de spirulina em suas formas de apresentação mais comum. Após ler as análises veja o Guia do Comprador para mais informações sobre a spirulina e como escolher. É um suplemento com diversos benefícios que com certeza irão te surpreender e te ajudar a ter uma mais saudável

Spirulina Dr. Lair Upnutri – Cápsulas de energia

Uma das coisas que mais se preza atualmente é a praticidade; talvez por isso a suplementação alimentar tenha sido tão buscada. Entre as formas de se consumir um suplemento, as cápsulas são uma opção extremamente prática, fácil de transportar e consumir. Cada uma das 60 cápsulas conta com 500 mg de spirulina, sendo a recomendação mínima de duas ao dia.

Infelizmente, essas cápsulas de gelatina normalmente têm um custo a mais para serem fabricadas. Além disso, é necessário mais tempo para se digerir e absorver a spirulina sob essa forma. De qualquer modo, são apenas alguns inconvenientes que não influenciam na eficácia do produto em si, então o critério de escolha seria a sua preferência.

Spirulina Pura Vida – Foco na quantidade

Ainda pensando em praticidade, as cápsulas não são a única opção para facilitar sua vida. Tabletes prensados a frio – semelhantes a comprimidos – também podem ser facilmente transportados e deglutidos. Porém, oferecem a vantagem de serem mais baratos e absorvidos mais facilmente. Aqui temos 200 tabletes com 500 mg de spirulina cada um, sendo a dose mínima de dois ao dia.

Por outro lado, essas formas de apresentação com absorção rápida podem causar algum desconforto intestinal em pessoas mais sensíveis – depende muito do organismo de cada um. No entanto, isso pode ser amenizado ao se fazer uso do suplemento juntamente com a alimentação. De qualquer forma é importante estar atento e seguir as orientações do médico ou nutricionista.

Spirulina Mais Nutrition – Vitamina de nutrientes

Há quem prefira que a sua suplementação seja feita junto com os alimentos, seja para reduzir o desconforto ou simplesmente melhorar a digestão. Essa spirulina da Mais Nutrition segue uma linha semelhante aos famosos shakes: você deve misturar a quantidade desejada a alguma bebida da sua preferência. Esses preparados em pó oferecem a vantagem de um menor preço, já que podem ser comprados em forma de refil.

Aqui o que sofre é a praticidade – você terá dor de cabeça se tentar levar a spirulina para a academia ou viagens. Além disso, você pode ter dificuldades para dosar corretamente. Enquanto as cápsulas e tabletes já vêm com a quantidade exata que é preciso tomar, o pó tem que ser dosado pelo próprio consumidor. Isso pode induzir ao erro, já que sempre terá uma variação na quantidade.

Spirulina Ocean Drop – Mais tabletes, menos concentração

Mais uma opção de tabletes prensados a frio, com bom preço e absorção, praticidade e facilidade de transporte. A diferença é que aqui temos 240 tabletes de 400 mg cada – maior quantidade, porém com menor concentração – com a dose mínima recomendada de 4 ao dia. A intenção é que o produto dure ao menos dois meses.

Mais uma vez é importante lembrar que essas formas de apresentação com absorção rápida podem causar algum desconforto intestinal em pessoas mais sensíveis a depender do organismo de cada um. Mais uma vez isso pode ser amenizado ao se fazer uso do suplemento juntamente com a alimentação. Tenha em mente que essa concentração menor exige que você tome mais tabletes se precisar de mais spirulina.

Spirulina TRUE Source – Praticidade conhecida, concentração estranha

Mais uma opção de cápsulas para manter a praticidade no transporte e no consumo do suplemento. A diferença aqui é o preço menor, obtido às custas de uma concentração um pouco reduzida. São 120 cápsulas de 450 mg de spirulina cada, sendo a recomendação mínima de consumo de 3 ao dia.

De qualquer modo, as cápsulas de gelatina continuam tendo um custo a mais para serem fabricadas e necessitam de mais tempo para digestão e absorção. Além disso, a concentração de 450 mg torna difícil ingerir a quantidade exata desejada – sempre ficaria sobrando um pouco para mais ou para menos. Essa falta de exatidão reduz um pouco a praticidade.

Guia do comprador

Afinal de contas, o que é spirulina?

Hora de acabar com o mistério: spirulina nada mais é do que uma cianobactéria. Isso mesmo, apesar de ter ficado mundialmente conhecida como “alga azul”, ela não tem nada a ver com algas. É um microrganismo autótrofo – isso é, produz o próprio alimento – que não possui uma membrana separando o DNA do restante da célula (e sim, isso é uma característica importante).

É justamente o fato de ser um organismo tão simples que faz da spirulina algo ótimo para o nosso corpo. Muitas vezes os organismos autótrofos produzem vários nutrientes que são necessários para a manutenção da nossa saúde. E, por não ter membrana nuclear ou organelas complexas, a spirulina é digerida e absorvida de forma relativamente fácil. Seus nutrientes ficam disponíveis rapidamente.

Essas cianobactérias crescem em água doce de pH elevado e com presença de carbonato e bicarbonato. Aqui no Brasil, os ambiente ideal para elas é o Pantanal. As duas variações mais comercializadas atualmente são a Arthrospira maxima (América Central) e Arthrospira platensis (América do Sul, África e Ásia). As duas são ricas em diversos tipos de nutrientes.

Por que a spirulina é utilizada como complemento nutricional?

A spirulina pode ser considerada um super food (um super alimento). Sua composição inclui, no mínimo, 60% de proteínas – sendo considerada uma alternativa ao uso de Whey Protein ou barrinhas de proteínas – além de diversas vitaminas, betacaroteno, minerais, antioxidantes e óleos essenciais. Em outras palavras, possui uma densidade nutricional altíssima que pode ajudar não só quem faz atividade física intensa, mas também quer deseja fortalecer o organismos.

Os seus benefícios incluem:

Além disso, a spirulina contém todos os aminoácidos essenciais (e alguns não essenciais), podendo ser consumida em conjunto com a Glutamina e o BCAA. Para completar, a quantidade de nutrientes presente na spirulina é muito maior do que aquela que encontramos em alimentos comuns do dia-a-dia.

Todas essas características têm feito a spirulina ganhar cada vez mais espaço, substituindo polivitamínicos e alguns outros suplementos. Essa cianobactéria chegou ao ponto de ser considerada como o “alimento do milênio” – devido à quantidade e qualidade de seus nutrientes – pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Como usar a spirulina?

O consumo recomendado de spirulina varia entre 1 e 8 g por dia a depender do objetivo. Por isso, o seu uso deve ser realizado de acordo com a orientação do médico ou nutricionista responsável. Caso contrário, você pode não ingerir o suficiente para alcançar o efeito desejado ou acabar tendo reações desagradáveis devido ao excesso. Esse acompanhamento deve ser ainda mais sério se você pretende consumir sua spirulina juntamente com outros suplementos.

Ela pode ser consumida de manhã e à noite – como um polivitamínico comum. Também pode ser utilizada no pós-treino, para promover a recuperação muscular – ou pré-treino para fornecer os nutrientes necessários ao crescimento dos músculos. Existem outras formas de utilizá-la como complemento dietético de acordo com as orientações do nutricionista.

Algumas coisas que você deve observar no momento da compra

É preciso estar muito atento à composição da spirulina comprada. Algumas fórmulas vêm com aditivos indesejados, como lactose ou outros açúcares, glúten e conservantes. Sempre leia a composição da spirulina que você deseja comprar para não sair com um produto muito artificial.

Também é preciso notar preço e conveniência. A spirulina em pó é mais barata e pode ser achada com sabores diferentes. Porém, você pode ter dificuldade em dosar da forma correta. Já os tabletes e cápsulas são um pouco mais caros, mas bem mais convenientes e a quantidade consumida é melhor controlada.

Por fim, esteja atento ao fabricante e à loja revendedora. Normalmente preços muito abaixo do mercado inspiram uma certa desconfiança, principalmente quando fazem questão de não revelar detalhes sobre o produto. Você também pode pesquisar informações sobre a reputação do laboratório responsável e tirar suas dúvidas sobre o produto.

Contraindicações

Mesmo algo aparentemente inofensivo pode ter algumas contraindicações – e com a spirulina não é diferente. Veja alguns grupos que devem ter cuidado no consumo:

Ainda que você não faça parte do grupo dos contraindicados, é necessário que haja acompanhamento. Uma boa avaliação física para ter certeza de que você não possui nenhum problema de saúde “escondido” é essencial. Sem contar que é necessário saber qual a quantidade exata que corresponde às suas necessidades diárias para que o consumo seja feito  nas quantidades corretas.

Efeito colaterais

Normalmente a spirulina só apresenta efeitos colaterais em pessoas que ingerem uma dose maior do que a indicada pelo fabricante ou recomendada pelo médico. Também há os casos de hipersensibilidade, porém esses são mais incomuns. Os problemas mais comuns são alterações no aparelho digestivo, tais como: dor abdominal, gases, prisão de ventre e vômitos.

Também podem surgir alterações mais inespecíficas, como erupções cutâneas, febre, fraqueza e mal-estar geral. Se surgir qualquer um desses sintomas ao se fazer uso da espirulina é necessário interromper o consumo e consultar o profissional da saúde que te acompanha. Alguns desses problemas podem ser resolvidos com fórmulas de absorção mais lentas, mas mesmo assim é necessário ter cautela.

Conclusão

Com tantas soluções (e problemas) no mercado de suplementos alimentares é difícil escolher o que tomar e como escolher. No caso da spirulina não há muitas diferenças entre as formas disponibilizadas pelo mercado. Porém, muitas pessoas têm dúvidas do que se trata e se realmente vale a pena comprar para consumir. Nesse caso, trata-se de um suplemento de alto valor nutricional, com grande quantidade de proteínas, vitaminas e minerais.

Recomendamos a Spirulina em tabletes da Pura Vida devido ao seu ótimo custo-benefício. Temos uma boa quantidade de spirulina sob uma forma que permite uma rápida digestão e absorção. A depender da quantidade que você pretende tomar, ela dura por bastante tempo. Além do mais, é bastante prática e pode ser levada para qualquer lugar. Infelizmente, algumas pessoas podem sentir um pouco de desconforto abdominal devido à sua rápida disponibilidade.

Você faz uso de spirulina ou de outro suplemento? Já conversou com seu nutricionista para começar a usar? Deixe as suas experiências nos comentários!

F.A.Q

R: Apesar de a spirulina ter uma grande quantidade de vitamina B12, ela se encontra sob uma forma que não pode ser absorvida pelo nosso organismo. Se você deseja suplementar essa vitamina, a spirulina não é uma boa opção.

R: A diferença está no grau de pureza, sendo que a spirulina havaiana tem menos contaminantes. No entanto, os nutrientes são os mesmos.

R: Pode, mas é necessário acompanhamento de médico ou nutricionista para isso. Lembre-se de que o excesso de suplementação, em alguns casos, pode fazer mal.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados