Melhores smartphones Huawei: Quais são as melhores opções de celulares da Huawei?

Nossa recomendação

Melhor para o seu bolso

Uma das marcas chinesas que chegou com tudo ao mercado brasileiro a Huawei. Embora não seja tão conhecida por aqui, ao menos não fora do círculo dos apaixonados por tecnologia, os melhores smartphones Huawei já fazem sucesso por aí e encaram fortes concorrentes.

Na verdade, entre as marcas chinesas, a Xiaomi é a principal representante. A empresa é a segunda maior fabricante do mundo e queridinha de muitos entusiastas de tecnologia – mas não é a única a atrair atenção.

Após a chegada da Xiaomi, outras marcas começaram a olhar para o Brasil como uma terra de oportunidades, como a Realme, que ambiciona se tornar uma das três marcas mais vendidas por aqui até 2026.

No entanto, esse interesse todo não surgiu à toa. Tudo isso começou porque os brasileiros passaram a se interessar mais pelas fabricantes chinesas. Se antes elas eram vistas com maus olhos, hoje essas empresas se tornaram sinônimo de inovação a preço justo.

E foi nesse ambiente que a Huawei desembarcou no país. Famosa por seus aparelhos de telecomunicações, a companhia não conseguiu entrar (por enquanto) no mercado brasileiro, sendo considerada uma das protagonistas da revolução tecnológica que vivemos.

Por isso, neste artigo, vamos te apresentar agora alguns smartphones incríveis da Huawei disponíveis no Brasil para que você veja o que eles são capazes de oferecer.

Em seguida, para aqueles que ainda tem dúvidas sobre a credibilidade da marca, te apresentamos algumas curiosidades e o panorama da situação atual da empresa.

Pronto para conhecer os incríveis aparelhos Huawei?

Recomendações

Antes de entrarmos em detalhes sobre os melhores smartphones Huawei, vamos mostrar as nossas três recomendações:

Escolha Premium

Considerado o smartphone Huawei mais avançado disponível no Brasil, esse modelo impressiona pela tela OLED com borda infinita de 6,58”, pelo conjunto de câmeras excelente e por outras funcionalidades, como compatibilidade com 5G e suporte a NFC. Além disso, esse celular é resistente à água e apresenta um carregador de carga rápida.

Nossa recomendação

Esse smartphone é o modelo antecessor do P40 PRO e carrega muitas de suas características. Além de apresentar tela OLED de 6,47”, esse aparelho conta um excelente conjunto de câmeras, com sensor principal de 40MP e ultrawide de 20MP. Outro ponto positivo é a sua memória RAM de 8GB e armazenamento de 256GB.

Melhor para o seu bolso

Esse modelo é considerado uma versão menor e mais simples que o Huawei P30 PRO. Afinal, ele conta com uma tela de 6,15”, um conjunto de 3 câmeras, sendo a principal de 24MP, e um processador eficiente – o Kirin 710. Além disso, essas e outras vantagens estão disponíveis num aparelho com preço acessível. Porém, sua bateria possui apenas 3340 mAh.

Itens que você também pode se interessar:

Temos aqui sugestões dos melhores smartphones Huawei que podem te interessar:

Smartphones Huawei 2021

Índice

Mini Guia de Compra

A Huawei é uma empresa chinesa que ficou mundialmente conhecida pela qualidade dos seus produtos e equipamentos voltados para a área de comunicação.

Embora a fama seja recente, a marca foi fundada em 1987 e, desde então, vem acompanhando o avanço das demandas dos consumidores e desenvolvendo tecnologias para se adaptar aos novos tempos.

Por isso, seus smartphones também entraram na mira dos amantes da tecnologia, já que conseguem reunir diversas características que os deixam bem próximos aos modelos de outras empresas famosas no setor. Aliás, alguns dos seus equipamentos são considerados até melhores!

No entanto, a briga comercial entre China e Estados Unidos, bem como as sanções aplicadas pelo governo americano à Huawei, tem prejudicado a difusão de seus produtos em várias partes do mundo.

Contudo, aparentemente a empresa já está reagindo e criando soluções para bater de frente com a concorrência e entrar no ranking das empresas queridinhas entre os consumidores.

Apesar dessa confusão, alguns dos melhores smartphones Huawei ainda são comercializados no Brasil. Mas você conhece esses modelos? Será que vale a pena investir em algum deles? É o que tentamos te responder nos próximos tópicos.

Huawei P40 Pro – O modelo mais avançado

Esse pode ser considerado o aparelho mais avançado disponibilizado pela empresa no país. A primeira coisa que chama atenção é o seu design: a tela infinita de 6,58 polegadas se estende até as laterais do aparelho e conta com desenho arredondado, tornando o visual belíssimo.

Além disso, display é OLED com 16,7 milhões de cores e resolução de 2640 X 1200 pixels – ótima para consumir conteúdo.

Por falar em conteúdo, o dispositivo conta com 4 câmeras: duas grandes angulares de 50 MP e 40 MP, respectivamente; uma lente super zoom; uma lente com sensor de profundidade 3D.

Esse conjunto de câmeras é capaz de gravar vídeos em 4K e conta com estabilizadores de imagem. Quanto à câmera frontal, são 32 MP mais os mesmos recursos das câmeras traseiras – perfeita para selfies e vídeos.

O dispositivo conta com 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento, sendo ainda possível expandir com cartão de memória. Além disso, ele também é compatível com 5G e possui NFC, além de suportar até dois chips.

A capacidade de processamento fica por conta do Kirin 990 5G, processador fabricado pela própria companhia.

Embora não seja tão conhecido quanto Intel ou Qualcomm, definitivamente não deve nada a essas opções mais famosas. Esse smartphone é, também, certificado como resistente a respingos de água e poeira (IP68).

No entanto, como nem tudo são flores, sua maior desvantagem fica por conta da bateria de 4200 mAh, que é boa, mas poderia ser melhor.

Em compensação ela vem com carregador para carga rápida e é compatível com carregamento sem fio.

Além disso, outra desvantagem é o seu preço elevado. Por isso, diante dessas configurações esse pode ser considerado o aparelho premium da marca.

Huawei P30 Pro – Excelente conjunto de câmeras e desempenho

Apesar de ser o smartphone antecessor do Huawei P40 Pro, o modelo P30 PRO, lançado em 2019, ainda pode ser considerado uma excelente opção de compra. Afinal, a diferença entre o Huawei P30 PRO e o Huawei P40 PRO se resumem a pequenas diferenças de compatibilidade, recursos e design.

Para começar, o P30 PRO possui uma tela OLED DE 6,47” de borda infinita e resolução de 2340X1080, um pouco menor do que seu sucessor.

Já o conjunto de câmeras também possui lentes com resoluções menores – embora ainda sejam incríveis! O conjunto é composto por uma lente SuperZoom de 40 MP, uma lente ultrawide de 20 MP e um sensor TOF para modo retrato. Já a câmera frontal tem 32MP.

No entanto, esse conjunto não é capaz de gravar em 4K, mas nem por isso deixa de ser um conjunto excelente com alta resolução.

Outra diferença em relação ao seu sucessor, é que o Huawei P30 PRO conta com processador Kirin 980, que tem um ótimo desempenho, mas que não suporta conectividade 5G.

Apesar disso, esse modelo possui outras vantagens, como 8 GB de memória RAM, armazenamento interno de 256 GB e entrada para cartão de memória.

Sem contar que esse aparelho possui um design moderno, é resistente à água e poeira, possui compatibilidade com LTE 4G e ainda possui carregador rápido de 15W.

Contudo, apesar de apresentar uma excelente bateria de 4.200 mAh, já existem smartphones avançados com baterias maiores. Outra desvantagem desse produto é o seu preço, que também é elevado.

Apesar disso, esse aparelho continua impressionando em função de seu excelente conjunto de câmeras e desempenho. Por isso, ele foi eleito como nossa recomendação de compra.

Para conferir mais detalhes sobre esse modelo, assista ao vídeo abaixo:

Huawei P30 Lite – Uma versão mais acessível

Como o próprio nome já indica, essa é uma versão menor e com especificações mais simples do que o P30 original. Esse aparelho conta com tela de 6,15 polegadas, resolução de 2312 X 1080 pixels (Full HD) e suporta película anti-impressão digital (não incluso).

Seu conjunto de câmeras também é mais simples, já que é composto por uma lente grande angular de 24 MP, grande angular de 8 MP e uma lente Bokeh (que permite desfocar parte do cenário), sendo que esse conjunto consegue gravar em Full HD.

A câmera frontal é de 32 MP e também grava vídeos em alta resolução. Por isso, esse conjunto é considerado excelente, embora falte gravação em 4K e a estabilização de vídeo por inteligência artificial vista nos outros modelos.

Quanto ao processador, esse modelo é equipado com um Kirin 710, que é eficiente e capaz de manter bom desempenho no dia a dia e em tarefas medianas.

Contudo, em relação à conectividade, o aparelho não suporta NFC e nem é compatível com 5G. Entretanto, é importante frisar que, apesar de ser um ponto negativo, não deve fazer grande diferença para a maioria dos usuários. Vale lembrar que ele também conta com dois chips.

Já a bateria também pode ser considerada um ponto negativo, porque possui apenas 3340 mAh. Não é bem um fator ruim, mas pode incomodar proprietários que fazem uso mais intenso. Por outro lado, ele também suporta carregamento rápido – mas não o sem fio.

Por fim, temos memória de 4GB de memória RAM e 128GB de armazenamento não expansível.

Diante dessas características e do seu preço acessível em comparação a outros smartphones semelhantes, o Huawei P30 Lite oferece um bom custo-benefício. Por isso, ele foi eleito como a melhor opção para o seu bolso.

Huawei Nova 5T – Mais uma alternativa ao Huawei P30 PRO

A partir de agora vamos mudar a linha de produtos para te apresentar o Nova 5T da Huawei. Oficialmente, ele foi lançado em 2019, mas só chegou ao Brasil em 2020 com a promessa de ser considerado uma alternativa ao Huawei P30 Pro.

Com design moderno, esse aparelho conta com tela 6,26 polegadas com resolução Full HD de 2340 X 1080, mantendo o padrão de boas telas da empresa. Porém, peca em não trazer a tecnologia OLED, que apresenta melhor contraste de cores.

Já o seu conjunto de câmeras conta com 4 lentes, sendo a principal de 48 MP e capaz de gravar em 4K – ou seja, já é melhor do que o Huawei P30 Lite. A câmera frontal, por sua vez, tem 32 MP e grava em Full HD, sendo que todas contam com sistema estabilizador de imagem.

Seu processador Kirin 980 apresenta bom desempenho, embora não seja o mais moderno da companhia. No entanto, por ser um aparelho lançado em 2019, esse smartphone não suporta o 5G.

Outra desvantagem é que sua bateria possui apenas 3750 mAh, apesar de ser compatível com carregamento rápido. Em compensação, sua memória é de 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento não expansível.

Diante dessas características, esse modelo pode ser um bom investimento se estiver num preço mais acessível que outros smartphones semelhantes.

Huawei Y9 Prime – Um modelo intermediário simples e acessível

Nosso último modelo de smartphone Huawei se assemelha bastante ao Nova 50T, sendo que uma das principais diferenças está em seu processador Kirin 710F. Por isso, esse é um dos motivos para esse aparelho ser considerado um modelo intermediário.

Tanto a principal quanto a frontal são de 16 MP, um pouco menos do que os modelos anteriores, mas mantém a qualidade de gravação. Além disso, suas câmeras não são capazes de gravar em 4K – gravam no máximo Full HD.

No entanto, as câmeras desse aparelho possuem um diferencial – a lente frontal é retrátil, o que libera espaço na tela e deixa o visual mais “limpo”.

Outra característica desse modelo é a sua memória, que também é mais básica, já que possui 4GB de RAM e 64GB de armazenamento. Além disso, ao contrário do Nova 5T, esse aparelho possui memória expansível.

No entanto, esse modelo não conta com NFC ou suporte ao 5G. Em compensação, seu destaque é a capacidade da bateria: 4000 mAh – excelente capacidade para um aparelho intermediário lançado em 2019.

Por fim, em função dessas características, esse smartphone é comercializado por um preço acessível. Por isso, se você precisa de um celular básico e com bom desempenho, essa é uma ótima opção.

Conheça a história e os desafios da Huawei

Nasce uma gigante das telecomunicações

A Huawei nasceu em 1987, fundada por um engenheiro chamado Ren Zhengfei. Como a maioria das empresas de sucesso, ela teve um início humilde: revendia equipamentos de telecomunicação (foco da marca até hoje).

Com o tempo, a empresa passou a fabricar seus próprios produtos e a investir fortemente em pesquisa e desenvolvimento. Eles chegaram, inclusive, a fechar várias parcerias com o governo para ajudar na infraestrutura do país.

Após uma visita aos EUA, o fundador da companhia chegou à conclusão de que a China estava muito atrasada – e aí as coisas começaram a tomar um rumo interessante.

No ano de 1998, eles fecharam uma parceria com a gigante IBM, um contrato de cinco anos para consultoria de reestruturação da Huawei.

Como resultado, houve um significativo crescimento da empresa que, desde então, vem se consolidando como uma gigante no setor de tecnologia para telecomunicações.

Atritos com os Estados Unidos

Apesar do seu sucesso, excelentes produtos e equipamentos tecnológicos, a Huawei tem enfrentado um grande desafio – atritos com os Estados Unidos.

Na verdade, a empresa acumula um histórico de problemas com o governo americano, principalmente a respeito de negociações comerciais com países sob sanções. No entanto, os problemas mais sérios são referentes às acusações de espionagem.

O problema é que a empresa é acusada de manter relações, digamos, suspeitas com o governo chinês.

Como seu fundador era engenheiro do exército, a companhia é acusada de ter recebido dinheiro do governo para financiar seus primeiros projetos (ela nega) e hoje é acusada de espionagem por diversos países.

Por isso, durante o governo do então presidente Donald Trump, a Huawei foi banida dos Estados Unidos (e deve continuar assim no governo Biden). Além disso, foi feita uma grande campanha para que o Ocidente não invista na tecnologia 5G fornecida pela empresa.

Como os problemas da Huawei afetam o consumidor?

Embora a briga envolva os Estados Unidos e a China, ela tem várias consequências para o consumidor final. Como estamos focando nos smartphones, é importante que você saiba que a empresa está proibida de utilizar qualquer tecnologia americana.

Na prática, isso significa que o sistema operacional Android, bem como serviços Google em geral não estarão presentes nos telefones. Isso mesmo: nada de Gmail, Google Maps, Youtube e outros aplicativos nativos.

Por isso, os fãs da marca estão buscando os aplicativos em outras fontes, como a loja de apps da Amazon ou até mesmo aplicações não autorizadas.

Então, se você se interessa pelos aparelhos Huawei, é importante levar em consideração a ausência desses aplicativos antes de fechar a compra.

Nasce uma gigante mobile (?)

É fato conhecido que a Huawei já vinha desenvolvendo o seu próprio sistema operacional. Com as restrições impostas pelos EUA, a empresa teve que acelerar o projeto – o que pode ser bom para os usuários.

O HarmonyOS é a nova aposta da empresa, que deve investir em um sistema totalmente otimizado para integrar os seus dispositivos. Se isso te fez lembrar da Apple, você acertou: eles devem adotar o mesmo nível de integração, talvez até superior, nos próximos anos.

Além disso, vale lembrar que, provavelmente, essas novidades devem ser testadas e corrigidas no mercado chinês, com posterior expansão no restante da Ásia. No entanto, não há como prever uma possível expansão dessas tecnologias para a América Latina.

De qualquer forma, talvez as sanções impostas por Trump acabem se mostrando um belo tiro no pé dos americanos. Quem sabe eles não criaram uma de suas maiores concorrentes?

Conclusão

Independente dos possíveis conflitos políticos, é fato que as gigantes tecnológicas chinesas chegaram para ficar – e a Huawei é uma das maiores. Conhecida por sua atuação na estrutura de comunicações, a gigante tem se mostrado forte no mercado mobile.

Os smartphones da empresa são conhecidos por serem completos, com construção impecável e, em breve, pela integração ao sistema operacional. Por isso, sua qualidade e recursos premium ganharam inúmeros admiradores ao redor do globo.

Por sorte, ainda existem smartphones da companhia disponíveis para o mercado brasileiro. Esses aparelhos não devem em nada aos modelos de marcas tradicionais e são ótimas opções para quem busca algo diferenciado.

Só não esqueça de checar o sistema operacional! Você não deve ter acesso aos principais serviços da Google e vai precisar utilizar apps alternativos.

F.A.Q.

Atualmente, o melhor smartphone comercializado no Brasil dessa marca é o Huawei P40 PRO. Embora a empresa conte com outros modelos top de linha, com certeza o P40 PRO é o mais avançado que temos por aqui. Seu conjunto de câmeras poderoso, sua tela com excelente resolução e todas as suas funcionalidades conquistaram muitos consumidores.

Depende do que você deseja. Nos últimos tempos a Huawei tem buscado desenvolver produtos de ponta e intermediários Premium, enquanto a Xiaomi foca em custo-benefício (embora também tenha os seus modelos mais sofisticados).

Atualmente o fundador Ren Zhengfei continua presidindo a companhia e exerce grande influência sobre ela. No entanto, ele é dono de apenas 2% de suas ações, sendo o restante dividido entre os funcionários. A empresa não vende suas ações na bolsa; é um sistema de administração único no mundo.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados