Software para Designer Gráfico: Descubra o Canva, a ferramenta de design gráfico mais recomendada do mercado

Melhor para o seu bolso

Seja você um artista profissional ou iniciante, de uma coisa você provavelmente deve ter certeza, ter as ferramentas certas é algo essencial para o desenvolvimento do trabalho. Não é mesmo?

Enquanto artistas tradicionais precisam de, por exemplo, uma tela ou um quadro em branco, a única coisa que um artista digital precisa é um software de design adequado.

Atualmente, os programas para design gráfico são usados para produzir os mais diferentes tipos de artes, assim como são imprescindíveis para editar fotos e imagens em geral e, de certa forma, transmitir sua visão da maneira mais eficiente e bem feita possível.

Algumas opções de softwares, inclusive, podem também ser uma ótima opção para profissionais que trabalham no celular Android e iPhone (iOS).

Isso porque algumas ferramentas contam com apps voltados a diferentes etapas do trabalho, permitindo a otimização da sua organização, produção ou até mesmo a divulgação de seus designs gráficos.

Felizmente, hoje podemos encontrar inúmeras opções de software no mercado. Porém, na hora da compra é preciso que você avalie uma série de fatores para assim, encontrar o melhor modelo e o mais adequado ao seu nível de experiência e objetivos.

Pensando nisso, e para te ajudar, neste review completo e detalhado, reunimos uma lista dos melhores softwares de design gráfico e editores de fotos para te ajudar a fazer a  melhor escolha.

Aproveite e utilize nossa tabela comparativa para decidir a sua compra!

Com as nossas dicas e sugestões você terá tudo que precisa para encontrar o software para design gráfico indicado para seu perfil:

Recomendações

Antes de descobrir qual é o melhor software para design gráfico do mercado, conheça nossas 3 melhores recomendações:

Escolha Premium

Como indicação premium temos o CorelDraw, marca sinônimo de criação, qualidade e profissionalismo e que já está presente no mercado há mais de um século. O Corel Draw é considerado por muitos profissionais como o software ideal da maioria dos profissionais e por todos aqueles que gostam de vetorizar logos, fazer desenhos, capas, etc.

O foco dessa ferramenta é trazer mais flexibilidade, mobilidade, produtividade e colaboração com acesso a ferramentas que simplificam o processo de design e revisão e permitem aos usuários controle total de projetos e ativos.

Nossa recomendação

Como recomendação temos o Adobe Photoshop, a melhor solução para aqueles que precisam criar artes online. A Adobe Photoshop é uma ferramenta muito completa e permite que você possa editar fotos com todos os recursos que os melhores profissionais utilizam, além, é claro, de criar montagens e executar outras tarefas.

Além disso, como o Photoshop tem uma interface bastante intuitiva, também é bem popular entre aqueles que não são especialistas, sendo também uma plataforma totalmente integrada de edição.

Melhor para o seu bolso

Solução ideal para a criação de peças gráficas para aqueles que não possuem um programa profissional como Adobe Illustrator ou Photoshop, o Canva é hoje a opção com melhor custo-benefício do mercado.

E como grande diferencial temos o fato desta ser uma ferramenta gratuita e também estar disponível em diferentes plataformas, inclusive no celular, o que a torna acessível para todas as pessoas.

Além disso, entre os inúmeros serviços, o Canva dispõe de modelos prontos personalizáveis e oferece instrumentos de edição de uso intuitivo contando com um catálogo extenso e bem organizado, que facilita a busca pelo modelo desejado.

Veja agora abaixo nossa tabela comparativa com os melhores softwares para design do mercado – as melhores opções de compra, em diferentes categorias:

Melhor Software para Design Gráfico do Mercado

Índice

Mini Guia de Compra

Como falamos no início do artigo, seja você um artista profissional ou iniciante, de uma coisa você provavelmente deve ter certeza, ter as ferramentas certas é algo essencial para o desenvolvimento do trabalho.

Tais programas hoje são usados para produzir os mais diferentes tipos de artes, assim como são imprescindíveis para editar fotos e imagens em geral e, de certa forma, transmitir sua visão da maneira mais eficiente e bem feita possível.

Acontece que, como também mencionamos anteriormente, o mercado de ferramentas está cheio de opções o que torna o processo de compra uma etapa um pouco complicada.

Pensando nisso, na hora que você for escolher o programa que quer usar para criar arte online, a melhor coisa a fazer é pesar na balança as suas prioridades e necessidades.

Em geral, a principal preocupação é o orçamento. O que não poderia ser diferente, afinal, isso deve ser bem pensado para evitar um futuro arrependimento e frustração.

Após pensar e analisar o orçamento disponível, as próximas preocupações devem seguir o conjunto de recursos do software, experiências do usuário, benefícios, atendimento ao cliente e referências.

Claro, essa classificação pode variar dependendo das prioridades de suas necessidades.

E se mesmo depois de pensar nesses pontos você ainda estiver com dúvidas, o recomendado é que você analise outros pontos.

No decorrer deste artigo te passaremos muitos outros pontos e fatores que podem ser avaliados no momento da compra para que assim, você possa fazer a melhor escolha.

Além disso, para te ajudar ainda mais, elaboramos também uma lista com os melhores softwares para designers gráficos do mercado.

No final, este artigo vai te ajudar a conhecer melhor o que é um software para design gráfico, assim como conhecer as principais características, avaliar as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Saiba que ao considerar esses detalhes, ficará muito mais fácil fazer a melhor escolha, e encontrar o produto ideal para você.

Então, para descobrir quais são os melhores programas para design gráfico do mercado, é importante ler esse Guia até o final. Apresentaremos agora os melhores produtos com mais detalhes!

Os Melhores Softwares para Design Gráfico do mercado

CorelDraw: sinônimo de criação, qualidade e profissionalismo

Sinônimo de criação, qualidade e profissionalismo, o CorelDraw já é amplamente conhecido na área de design gráfico.

A marca já está presente no mercado há mais de um século sendo o software ideal da maioria dos profissionais e por todos aqueles que gostam de vetorizar logos, fazer desenhos, capas, etc.

O foco dessa ferramenta é trazer mais flexibilidade, mobilidade, produtividade e colaboração com acesso a ferramentas que simplificam o processo de design e revisão e permitem aos usuários controle total de projetos e ativos.

Considerado por muitos profissionais como a ferramenta ideal para criação de desenhos com vetores, ou seja, retas com direção, sentido e comprimento, o Corel é muito utilizado por designers para fazer ilustrações e montar layouts diversos, pois disponibiliza uma ampla gama de recursos, alguns dos quais serão apresentados abaixo.

E o melhor, o software está muito mais leve em sua nova versão continuando com seu mesmo estilo, só que mais rápido e simples para o trabalho no dia-a-dia.

Com ferramentas inovadoras de ilustração vetorial, esboço de página, tipografia, edição de fotos, entre muitas outras, a nova versão do CorelDraw  simplifica fluxos de trabalho complexos e dá aos profissionais total controle total sobre como eles criam seus melhores projetos: no Windows, no Mac, na Web e em dispositivos móveis.

Além disso, com seu foco preciso na colaboração, na produtividade e em resultados perfeitos, os novos recursos de destaque incluem ferramentas de colaboração inovadoras que economizam tempo e permitem que os membros da equipe se conectem, mantenham os projetos no cronograma e trabalhem juntos em qualquer lugar, em tempo real.

Disponível para Windows e Mac, a edição 2021 da suíte de design gráfico profissional entrega também uma experiência multiplataforma no Windows, no Mac, na Web, no iPad e em outros dispositivos móveis.

Adobe Photoshop: programa de design ideal para quem já trabalha com os programas de design, e marcas que precisam de soluções de alto nível

Considerada a melhor solução para aqueles que precisam criar artes online, a Adobe Photoshop é hoje a ferramenta ideal para designers profissionais, empreendedores e empreendedoras que já estão mais familiarizados com os programas de design, e marcas que precisam de soluções de alto nível.

O foco da Adobe Photoshop nos próximos anos é ser o programa edição ideal para qualquer aparato manuseado por qualquer tipo de pessoa, independentemente do nível técnico.

O que, é claro, inicialmente, pode parecer algo muito desafiador, mas não é algo impossível, afinal, a Adobe Photoshop já é um dos programas de edição de imagens mais completos do mercado.

A ferramenta é muito completa e permite que você possa editar fotos com todos os recursos que os melhores profissionais utilizam, além, é claro, de criar montagens e executar outras tarefas.

Além disso, como o Photoshop tem uma interface bastante intuitiva, também é bem popular entre aqueles que não são especialistas.

Não podemos esquecer de mencionar a maior praticidade e o ganho de mais produtividade, afinal, além de ser o programa de design favorito dos especialistas e profissionais, o Photoshop é uma solução completa para quem está buscando uma plataforma totalmente integrada de edição.

Adobe XD: um dos softwares para Designers gráficos mais populares do mercado

Ferramenta que auxilia os profissionais de design na concepção de um projeto, seja na criação de um site ou no desenvolvimento de um aplicativo, o Adobe XD é hoje um dos softwares para Designers gráficos mais populares do mercado.

Presente no pacote Adobe Creative Cloud, com o Adobe XD é possível desenvolver toda a estrutura de um aplicativo mobile e também de websites de forma compartilhada, com animações e responsividade.

Composto por um leque enorme de recursos, o aplicativo permite que você faça rascunhos, crie protótipos e tenha a visualização do projeto em mockups, tanto de dispositivos Android quanto iOS.

O software também oferece a opção de criar animações e projetos em 3D de forma colaborativa, ou seja, com profissionais desenvolvendo em tempo real em um único projeto.

Outro ponto interessante é que, por fazer parte do Creative Cloud, o seu projeto pode ser integrado a qualquer uma das soluções da Adobe, podendo ser desenvolvido no Adobe XD e com recursos do After Effects, Photoshop ou Illustrator, por exemplo.

Disponível para Windows e macOS, caso queira assinar o pacote completo do Adobe Creative Cloud, a empresa oferece mais de 20 aplicações em uma única assinatura.

Adobe Illustrator: composto por inúmeros recursos que trazem mais facilidade na hora de fácil criar, editar e usar qualquer tipo de símbolo

Criado pela Adobe Systems no ano de 1986, o Adobe Illustrator é uma ferramenta amplamente utilizada para edição de gráficos vetoriais e para desenhar vários tipos de coisas, como design de logotipos, mapas de desenho, ilustrações, design de embalagens etc.

O Adobe Illustrator é composto também por uma interface e atalhos com grande nível de possibilidade de troca de arquivos por isso, podemos dizer também que ele é capaz de trazer uma economia amigável para uma empresa ou indivíduo que já usa outros aplicativos da Adobe, como Photoshop, InDesign, After Effects, Premiere etc.

Além de todos os inúmeros recursos e comandos de alto nível para criar design, o Adobe Illustrator também oferece um estilo de trabalho suave e compatibilidade com os aplicativos mais comuns de design, animação e edição de vídeo.

Composto por inúmeros recursos que trazem mais facilidade na hora de criar, editar e usar qualquer tipo de símbolo, a ferramenta também oferece uma biblioteca bacana para símbolos.

Por último, mas não menos importante, a visualização da impressão oferecida por essa ferramenta é também muito precisa e todas as suas versões podem ser executadas em Windows e MacOS.

Adobe InDesign: ferramenta ideal para profissionais da área e pessoas interessadas na confecção de produtos digitais ou designs próprios

Mais um dos programas de design da Adobe, o InDesign é hoje a ferramenta ideal para profissionais da área e pessoas interessadas na confecção de produtos digitais ou designs próprios

Trata-se de uma das soluções mais versáteis para quem está querendo criar e projetar designs gráficos para produtos digitais e/ou para quem está interessado em trabalhar com um modelo de negócios de impressão sob demanda

O InDesign também permite criar documentos interativos, com elementos de áudio, vídeo e animações – o que faz dele um programa de design perfeito para estratégias de publicidade e marketing.

E o melhor, a ferramenta passou por algumas alterações e trouxe muito mais praticidade para os profissionais.

Nesta edição do InDesign CC 2021 o foco da Adobe foi trazer, por exemplo, melhorias nos recursos do Cloud, Library e inclusão de Machine Learning para automação.

InDesign CC 2021 passou também a incluir o recurso Edit > Find Similar Images, no qual a partir de uma imagem selecionada, o InDesign faz uma pesquisa por imagens semelhantes via CC Libraries, buscando imagens no Adobe Stock.

Para o InDesign CC 2021 a Adobe conseguiu também incluir mais três ferramentas – destaque (highlight), tachado (strikethrought) e troca (replace) de texto. Ao aplicar cada marcação no documento, um campo de comentário é adicionado à marcação.

E o melhor, é possível visualizar essas marcações direto no layout do InDesign, o que facilita a identificação, além de serem listadas no painel de revisão junto as duas anteriores – Pin e Shape.

No entanto, acreditamos que a principal melhoria (novidade) do InDesign CC 2021 está na promessa de mais estabilidade, o que, consequentemente, acaba trazendo mais segurança e conforto enquanto utilizamos a ferramenta.

Canva: solução ideal para a criação de peças gráficas para aqueles que não possuem um programa profissional

Excelente solução para a criação de peças gráficas para aqueles que não possuem um programa profissional, como Illustrator ou Photoshop, o Canva é também uma ótima alternativa para você começar a trabalhar e criar artes incríveis. 

Como grande diferencial temos o fato desta ser uma ferramenta gratuita e também estar disponível em diferentes plataformas, inclusive no celular, o que a torna acessível para todas as pessoas.

Entre os inúmeros serviços, o Canva dispõe de modelos prontos personalizáveis e oferece instrumentos de edição de uso intuitivo contando com um catálogo extenso e bem organizado, que facilita a busca pelo modelo desejado.

Você pode pesquisar pelo formato de documento que quiser, como cartão, currículo, cartaz, convite, panfleto, mapa mental, infográfico, logotipo, apresentação de slides, entre outros.

É também possível encontrar modelos prontos para redes sociais, segmentados entre Stories, feed, capa ou thumb do YouTube, por exemplo. Por fim, também há opções animadas.

Também é possível criar um design a partir de um documento em branco. E o melhor, os recursos de edição são fáceis de usar e bastante objetivos.

Neste caso, a tela mostra a arte pronta e o usuário pode movimentar livremente todos os objetos da peça, dimensionando e posicionando como quiser no espaço.

Ao clicar em um item, outras opções de edição serão disponibilizadas, como troca de texto, mudança de cor ou adição de efeitos de transparência, ou sombreamento.

Além disso, um menu lateral ajuda na implementação de elementos na arte, permitindo que o usuário encontre novas formas gráficas para adicionar, edite textos com várias fontes diferentes, faça upload de imagens pessoais, entre outras opções.

Todos os projetos que o usuário cria na plataforma ficam armazenados na nuvem da sua conta, o que permite revisitar as artes para continuar a edição posteriormente sem perder o trabalho.

O aplicativo do Canva para celular conta com as mesmas ferramentas de edição.

Porém, é possível navegar pela biblioteca de modelos normalmente, pesquisar formatos, usar as ferramentas de edição, trocar textos, cores e adicionar fotos da galeria.

E o melhor, o usuário pode salvar o arquivo na memória do celular e compartilhar por e-mail ou em redes sociais.

O plano grátis armazena 5 GB de conteúdo, que é suficiente para guardar bastante coisa, enquanto o Canva Pro libera 100 GB.

Além da versão gratuita, o Canva possui um plano pago, chamado de Canva Pro. Porém, é possível experimentar o Canva Pro gratuitamente por 30 dias.

Figma: editor online de design gráfico focado na criação de interfaces gráficas e experiência de usuário com ênfase colaborativa

Editor online de design gráfico focado na criação de interfaces gráficas e experiência de usuário com ênfase colaborativa, o Figma é também uma opção muito completa e de fácil manuseio.

Alternativa online a produtos como Adobe XD a ferramenta tem ênfase na prototipagem de interfaces gráficas e estruturas de design de experiência de usuário.

Além disso, a ferramenta também permite que uma equipe de designers tenha acesso simultâneo e trabalhe em cima de um mesmo projeto em simultâneo, facilitando a vida de times com profissionais em trabalho remoto em diversas localidades diferentes.

Com essa funcionalidade, uma equipe de profissionais diferentes, em locais diversos, por exemplo, poderá visualizar e trabalhar em modificações num mesmo projeto e em tempo real.

Serviços concorrentes, como o Adobe XD, por exemplo, não oferecem o mesmo nível de colaboração.

Atualmente, o Figma funciona com três planos de assinatura diferentes.

O gratuito é o pacote mais básico e tem como grandes limitações a aplicação de limite de três arquivos para acesso por um número ilimitado de editores, apenas um projeto de equipe e histórico de versões do projeto limitado a 30 dias.

Há também um programa profissional e outro pacote direcionado a organizações e empresas.

A ferramenta conta também com app de apoio para macOS e Windows e disponibiliza o Figma Mirror para iPhone (iOS) e Android, que permite testar interfaces nos celulares.

Tudo que você precisa saber sobre Softwares para Design gráfico

E aí? Gostou do nosso Ranking com os melhores softwares para design gráficos do mercado? Já sabe qual modelo escolher?

Agora iremos te apresentar o Guia Completo do Comprador onde daremos dicas para você poder escolher bem o seu software gráfico

Siga conosco nessa leitura e confira as características para as quais você deve se atentar para fazer a melhor escolha.

Designer Gráfico: uma das profissões mais diversas do mercado

Área que trabalha com conjuntos de elementos visuais para transmitir ideias, conceitos e mensagens de todos os tipos, o design gráfico é hoje, sem dúvidas, um dos setores mais importantes em qualquer negócio.

A área foi por muito responsável por produzir materiais impressos, como banners, cartões de visita, materiais de escritório, peças para revistas e jornais, além de, é claro, criar a identidade visual de marcas, o que inclui logos, escolha de paleta de cores e efeitos.

Acontece que depois da explosão do digital, a área passou por uma renovação e reformulação.

Hoje, websites, peças para redes sociais, embalagens, animações e ilustrações também fazem parte do universo do design gráfico.

A grande verdade é que não importa qual seja a mídia usada, o objetivo é sempre facilitar o processo de comunicação. Ou seja, ajudar a transmitir uma mensagem específica para o público.

Hoje a profissão de designer é bem mais diversa do que muita gente imagina. Isso porque diversos setores precisam desse tipo de serviço e quem escolhe seguir a carreira, pode se especializar em determinadas áreas de atuação.

O profissional pode trabalhar, por exemplo, na produção impressa que, como o nome diz, esta área lida com a parte visual de publicações impressas, como livros, revistas, jornais, folhetos, entre outros.

Web design também é um setor muito trabalhado e, neste caso, quem escolhe trabalhar com web design atende às demandas de desenvolvimento de peças para websites, redes sociais, e-commerce, blogs, anúncios digitais, etc.

Ou seja, algo ligado diretamente com a identidade visual da marca. Os profissionais que trabalham com identidade visual também atuam em conjunto com o marketing das marcas.

Os profissionais também podem trabalhar com Design editorial, animação, direção de arte ou Design digital.

Enfim, como falamos anteriormente, as áreas são muito diversas e cabe ao profissional escolher.

Acontece que, independentemente da área escolhida, o profissional precisará seguir alguns passos importantes.

Para se tornar um designer gráfico profissional é importante saber que, assim como em todas as áreas de conhecimento existe a teoria e a prática.

Na teoria, você precisa conhecer conceitos fundamentais de design, e, na prática, o conhecimento das ferramentas de softwares de edição é algo essencial.

Dito isso então você já consegue perceber que existem dois caminhos para começar no design gráfico. Um deles é aprendendo conceitos e outro é conhecendo ferramentas. Mas qual é a ferramenta ideal? Como escolher o programa ideal para meu perfil?

No próximo tópico te passaremos algumas dicas de como escolher o modelo ideal e assim, fazer uma compra mais assertiva.

Design gráfico: entenda porque é essencial conhecer e saber utilizar as ferramentas corretamente

Como falamos anteriormente, um dos passos essenciais para ter sucesso como designer é conhecer muito bem as ferramentas de trabalho.

Inicialmente, o recomendado é que você comece aprendendo a função das principais ferramentas de cada editor gráfico que estiver usando.

Dessa forma, é possível ter uma noção de como funcionam as coisas e se é algo que você gosta.

Apesar de parecer o contrário, essa parte é muito importante visto que temos perfis diferentes.

Há pessoas que, por exemplo, conseguem ficar horas no computador criando algo sem ver o tempo passar, enquanto outras não ficam sequer 10 minutos editando algumas fotos.

Na opinião da maioria dos especialistas, o jeito mais fácil e rápido de começar no design gráfico é usando sites e aplicativos de celular como o Canva ou Crello, pois são fáceis e intuitivos para qualquer pessoa conseguir usar, além de serem aplicativos de edição gratuitos.

Depois, você pode passar para e começar a utilizar ferramentas mais completas e mais profissionais.

A grande maioria dos designers profissionais usam, por exemplo, programas avançados, por exemplo, o Photoshop ou Illustrator.

Acontece que esses programas não são simples de manusear no início e talvez seja necessária uma ajuda.

Além disso, ferramentas como o Photoshop e Illustrator, por exemplo, exigem um computador ou notebook com bom desempenho.

E isso deve ser pesado e analisado no momento da compra. A grande verdade é que cada software apresenta recursos específicos, que não necessariamente são melhores ou piores.

Pensando nisso, o ideal para escolher certo é considerar uma variável muito importante nessa equação: você.

Neste caso, a forma como você trabalha, sua capacidade de investimento, o que você quer para sua carreira, tudo isso influência.

Para te ajudar, no próximo tópico separamos algumas das principais dicas de como escolher a ferramenta ideal para seu perfil.

Conheça agora alguns dos principais critérios que precisam ser analisados no momento da compra do seu Software para designers:

Melhor Software para Design do Mercado: Principais critérios para compra

Analise seu perfil e objetivos de carreira

Como falamos anteriormente, o ideal para escolher certo é considerar uma variável muito importante nessa equação: você.

Seu estilo de trabalho é mais colaborativo, mais individual, mais linear, mais disperso? Analise também seu estilo gráfico. Você utiliza mais imagens? Vetores? Seus layouts são mais minimalistas ou rebuscados?

Para investir certo em ferramentas você deve saber também o caminho que quer dar para a sua carreira.

Se sua ideia é, por exemplo, formar um estúdio de design com colegas ou incluir o cliente mais perto de você no desenvolvimento, pode ser uma saída interessante, o Adobe photoshop, por exemplo, o talvez seja a opção mais global, com baixa barreira de entrada, em reais e um foco generalizado tanto no design quanto em gestão de projetos.

Já se você pretende focar em iOS, terá que fazer um investimento no ecossistema da Apple, então é difícil não indicar o Sketch. Isso porque, como falamos, esta é uma solução nativa e com ferramentas que agilizam muito o desenvolvimento para a plataforma.

Teste as funcionalidades e estude as integrações

O próximo passo que você deverá dar para escolher a ferramenta ideal é testar as funcionalidades e estudar as possíveis integrações.

Neste caso, após definir os seus objetivos de carreira, o próximo passo é testa cada uma das alternativas e ver qual delas oferece o kit de ferramentas que mais contribui para o seu sucesso.

Como foi possível perceber no decorrer do artigo, a grande maioria das opções são excelentes e completas para o desenvolvimento de UI/UX, mas sempre existe aquela que oferece o que vai funcionar melhor para você.

Analise também as integrações, e encontre a opção que facilita a sua vida fazendo e compartilhando seu trabalho.

Tais ferramentas também contam com extensões que ampliam suas capacidades, no qual apenas o Figma fica um pouco atrás.

Busque familiaridade

O próximo ponto que precisa ser analisado é a familiaridade que você possui com a ferramenta. O que pode ser analisado com poucos testes. Por isso é tão importante ter um tempo para testar cada uma dessas opções.

E aqui é importante frisarmos que, nem sempre a solução mais completa, mais robusta ou mais usada é a melhor para você. Pelo contrário, em geral, é aquela que você se sente melhor utilizando, na qual sua produtividade flui melhor.

Pense no seu investimento

Analisar o seu orçamento é outro ponto que, sem dúvidas, também não pode ficar de fora. E quando falamos de orçamento nos referimos o quanto pode gastar e o resultado que você espera em qualidade, e eficiência do seu trabalho lá na frente.

Inicialmente, se você está apenas começando, o recomendado é que você comece pelas versões grátis tanto do Adobe quanto o Figma, por exemplo. Ao fazer isso, você poderá se ambientar às ferramentas, iniciar projetos mais simples e ver o que cada uma tem a oferecer.

Neste caso, é melhor ter essa base antes de partir para os 30 dias grátis do Sketch e aproveitar melhor as suas funcionalidades no pouco tempo disponível que terá.

E sim, o Figma talvez seja o mais barato por ter mais funcionalidades no plano grátis e rodar em qualquer computador por meio do browser. Já o Sketch pode ser um grande investimento se você ainda não tiver um computador da Apple.

Claro, é importante lembrarmos que apenas o XD tem preços na nossa moeda. Os outros serão pagos em dólar, um custo que varia bastante dependendo da cotação no período de cobrança.

Pronto, ao analisar todas essas informações sobre cada ferramenta de design e considerando as dicas relacionadas ao que você pensa da sua carreira, tenho certeza que vai escolher corretamente!

Conclusão – A melhor escolha

O Adobe Photoshop, segundo as nossas análises e levando em consideração a opinião dos consumidores, foi eleito como a melhor escolha.

Como falamos no início do artigo, a ferramenta é considerada a melhor solução para aqueles que precisam criar artes online, sendo ideal para designers profissionais, empreendedores e empreendedoras que já estão mais familiarizados com os programas de design, e marcas que precisam de soluções de alto nível.

Composto por uma interface bastante intuitiva, a ferramenta é muito completa e permite que você possa editar fotos com todos os recursos que os melhores profissionais utilizam, além, é claro, de criar montagens e executar outras tarefas.

Não podemos esquecer de mencionar a maior praticidade e o ganho de mais produtividade, afinal, além de ser o programa de design favorito dos especialistas e profissionais, o Photoshop é também uma solução completa para quem está buscando uma plataforma totalmente integrada de edição.

E aí? O que achou do artigo? Gostou das dicas e informações? Já sabe qual software para design gráfico escolher?

E caso nosso guia tenha realmente lhe ajudado, considere também compartilhar com amigos que se interessam pelo assunto e procuram por um software para design gráfico.  

Aproveite, curta e compartilhe sua opinião conosco!

Dúvidas, críticas ou elogios deixe nos comentários.

Até a próxima!

FAQ

Profissional de extrema importância, principalmente, na era digital, momento que exige muito cuidado por parte das empresas com a identidade de marca, o designer ​está habilitado para desenvolver projetos gráficos de comunicação visual, como panfletos, cartões de visita, elaboração de web sites, pôsteres e logotipos.

Considerada uma das profissões mais diversas do mercado, este profissional também pode atuar com criação do design de embalagens e produtos, como vestuário, móveis, calçados, automóveis, etc.

Apesar de a graduação ser um diferencial na contratação de novos profissionais, para exercer a função, oficialmente e legalmente, não é algo obrigatório. Isso porque a profissão de Designer não é regulamentada no Brasil.

Claro, o recomendado é que você procure sempre se atualizar, estudar e buscar novos conhecimentos. Afinal, esta é uma das profissões com mais áreas de atuação do mercado.

Assim como em qualquer área de atuação, ter as ferramentas e saber os princípios básicos do design gráfico é essencial pois será isso que vai te levar mais longe na carreira.

Porém, podemos dizer que um dos ingredientes considerados cruciais para um bom designer gráfico é a criatividade. E sim, ao contrário de muitas crenças populares, a criatividade não é de nascença, é aprendida e construída a partir da prática.

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts Relacionados